???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1007
Tipo do documento: Dissertação
Título: Autoeficácia e bem-estar subjetivo docente
Título(s) alternativo(s): Teacher’s self efficacy and subjective well-being
Autor: Silva, Eliane Nascimento 
Primeiro orientador: Murgo, Camélia Santina
Primeiro membro da banca: Montiel, José Maria
Segundo membro da banca: Ruiz, Adriano Rodrigues
Resumo: Novos construtos vêm sendo investigados na educação no intuito de ampliar o conhecimento teórico e possibilitar a visualização de novas perspectivas de intervenções. Investigações sobre temas relacionados a aspectos subjetivos nos processos educativos têm se mostrado pertinentes. Para essa dissertação, interessou a discussão sobre o bem-estar subjetivo, e a autoeficácia do professor. O trabalho está estruturado em três estudos em forma de artigos completos que dialogam entre si. No primeiro, é apresentado um levantamento da produção científica que contemplou a temática da autoeficácia docente indexada em periódicos nacionais no período de 2005 a 2015. Para a recolha dos materiais, foram consultadas as bases de dados eletrônicas Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e Scientific Electronic Library Online (SciELO). Foram recuperados seis artigos, uma dissertação e duas teses cujos conteúdos foram analisados e organizados em três categorias de análise: avaliação da autoeficácia por meio de instrumentos psicométricos, associações entre satisfação profissional e autoeficácia, e a importância da compreensão das crenças de autoeficácia. A análise das publicações permitiu constatar que são expressivas as interferências da autoeficácia nas práticas docentes e no desenvolvimento profissional do professor. O estudo dois objetivou avaliar os níveis de autoeficácia e bem-estar subjetivo de dez professores do 5º ao 9º ano do ensino fundamental de uma escola pública do oeste paulista. Os instrumentos utilizados foram a Escala de Autoeficácia Docente e a Escala de Afetos Positivos e Negativos de Zanon (EAZ). Em relação à autoeficácia, os resultados se revelaram expressivos em relação à intencionalidade da ação docente (M=53.8) e quanto ao manejo de sala (M=36.9). No que concerne aos índices da EAZ, os professores apresentaram mais afetos positivos (M=37.2) que afetos negativos (M=28,0). A partir do Teste de Tukey, verificou-se que Afetos Positivos e Manejo de Classe agruparam-se, sugerindo indicações de correlações entre essas variáveis, porém Intencionalidade Docente e Afetos Negativos não se correlacionaram com nenhum outro fator. No estudo três, a partir dos fundamentos da Teoria Social Cognitiva, a autoeficácia é descrita como uma condição para que os professores invistam esforços, busquem novas estratégias de ensino e tenham perseverança diante de dificuldades do cotidiano de sua atividade profissional. Este estudo, portanto, teve como objetivo identificar a percepção de autoeficácia de professores do ensino fundamental. Participaram 10 professores de uma escola pública de uma cidade do oeste paulista. Foi realizada uma entrevista semiestruturada que foi analisada, utilizando a técnica de Análise de Conteúdo. A partir dos achados, foram elaboradas duas categorias de análise - manejo de sala de aula e intencionalidade da ação docente - as quais contemplam os itens: controle de indisciplina em sala de aula, organização da sala de aula, capacidade para motivar e valorizar a educação, percepção do progresso dos alunos, elaboração de estratégias para favorecer o aprendizado e habilidade para responder às perguntas dos alunos. A percepção das crenças de autoeficácia docente mostrou-se positiva quanto ao manejo de sala quanto à intencionalidade da ação. Apesar da percepção positiva do professor, nota-se a importância da continuidade de pesquisas que visem discutir a autoeficácia docente para seu maior entendimento e intervenções para elevar a crença de autoeficácia do professor e, portanto, melhorar a qualidade do ensino.
Abstract: New constructs in education have been investigated in order to increase the theoretical knowledge and enable the demonstration of new perspectives of interventions. Thus, research on topics related to subjective aspects in the educational processes has proven to be relevant. For this dissertation, the main interest is on the subjective well-being, and self-efficacy of teachers. The work is structured in three studies, where the first presents a survey of scientific production indexed in national periodicals from 2005 to 2015, which contemplated the self-efficacy teaching theme. For the collection of material, the electronic databases of Journal of Higher Education Personnel Improvement Coordination (CAPES) and Scientific Electronic Library Online (SciELO) were used. The literature search allowed six articles, a dissertation and two theses to be retrieved. The contents were analysed and organized into three categories of analysis: evaluation of self-efficacy through psychometric instruments, associations between job satisfaction and self-efficacy and the importance of understanding the self-efficacy beliefs. Overall, the analysis of the publications has highlighted that the interferences of self-efficacy in teaching practices and professional development of the teacher are very significant. The goal of the second study was to evaluate the self-efficacy levels and subjective well-being in ten teachers, from 5th to 9th grades, of elementary education at a public school located in the West of Sao Paulo state. The instruments used were scales of teaching self-efficacy and the scale of positive and negative effects of Zanon (EAZ). The results showed that regarding the self-efficacy the indices have proved to be significant in relation to the intention of teaching activity (M = 53.8) and to the classroom management (M = 36.9) Regarding the EAZ indexes the teachers showed to present more positive effect (M = 37.2) than negative effect (M = 28.0). From the Tukey test, it was found that the positive effect and class management were grouped, suggesting indications of correlations between these variables. However, teaching intentionality and negatives effects did not correlate with any other factor. In the third study from the fundamentals of cognitive social theory, self-efficacy was described as a condition for the teachers to put effort, seek new teaching strategies and to persevere in the face of daily difficulties on their professional activity. Therefore this study aimed to identify the teachers’ perception of self-efficacy in elementary school. In this study ten teachers participated from a public school located in the west of Sao Paulo State. A collection of data was performed using a semi-structured interview that was analysed using the content analysis technique. From the findings, two categories of analyses was elaborated: classroom management and intentionality of teaching activities that include the following items: indiscipline control in the classroom, organizing the classroom, the ability to motivate and value education, the perception of a student’s progress, developing strategies to develop abilities to answer questions from the students. The perception of teaching self-efficacy beliefs was equally positive for the classroom management as for and in relation to intentionality of action. Despite the positive perception of the teacher, it is important to continue research on the discussion of the teaching self-efficacy to develop a better understanding on this subject.
Palavras-chave: Autoeficácia do professor
Educação
Ensino fundamental
Ensino de qualidade
Teacher’s self efficacy
Education
Elementary teaching
Quality teaching
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Mestrado em Educação
Programa: Mestrado em Educação
Citação: SILVA, Eliane Nascimento. Autoeficácia e bem-estar subjetivo docente. 2016. 68 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2016 .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1007
Data de defesa: 23-Mar-2016
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Eliane Nascimento Silva.pdfDocumento principal289,28 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons