???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1040
Tipo do documento: Dissertação
Título: Possíveis implicações da poluição veicular em indivíduos praticantes de exercícios físicos regulares em Parque a céu aberto na cidade de Presidente Prudente - SP
Título(s) alternativo(s): Possible implications of vehicular pollution in individuals practicing regular physical exercise in open-air Park in the city of Presidente Prudente-SP
Autor: FELIPE, Juliana 
Primeiro orientador: ARANA, Alba Regina Azevedo
Primeiro coorientador: RODRIGUES, Marcos Vinícius P.
Primeiro membro da banca: ANTUNES, Patrícia Alexandra
Segundo membro da banca: RAMOS, Dionei
Resumo: A poluição veicular pode interferir na prática de exercícios físicos e na qualidade de vida das pessoas no ambiente urbano. O Parque do Povo, em Presidente Prudente - SP, apesar de ser um local com boa infraestrutura que proporciona a prática de exercícios físicos, é também um grande concentrador de tráfego de veículos. A prática regular de exercícios físicos pode apresentar benefícios para população como saúde física, social e afetiva. Desta forma, este trabalho teve como objetivo analisar a influência das possíveis implicações da poluição veicular em indivíduos praticantes de exercícios físicos regulares no Parque do Povo, na cidade de Presidente Prudente - SP. A hipótese adotada foi que a prática de exercício físico regular em parques urbanos pode interferir na qualidade respiratória do praticante, mesmo em ambientes abertos. Contudo, praticantes de exercícios físicos regulares podem responder melhor à poluição em virtude de suas capacidades fisiológicas melhor adaptadas. O estudo traz implicações e enfoques multidisciplinares, que se complementam dentro da perspectiva da saúde ambiental. A metodologia utilizada neste trabalho baseou-se na investigação qualitativa, utilizando-se das pesquisas de levantamento bibliográfico, documental, e de campo, cuja técnica contou com observação direta intensiva. O cálculo amostral foi baseado no estudo de Miot (2011), totalizando um número de 36 indivíduos. Os critérios de inclusão foram participantes possuírem idade entre 18 e 40 anos, praticarem exercícios físicos pelo menos três vezes na semana por, no mínimo, 50 minutos no Parque do Povo, não apresentar histórico de doenças pulmonares crônicas e/ou episódios recentes de infeções nas vias áreas superiores. O estudo foi do tipo primário, de caráter longitudinal não controlado e prospectivo. Foi realizada a mensuração do monóxido de carbono no ar exalado (COex), bem como aplicação de dois questionários: um de sintomas respiratórios (avaliou queixas respiratórias) e outro do IPAC (avaliou nível de atividade física) - Escala de Borg. Todas as análises estatísticas foram feitas por meio do software Action Stat. O presente estudo mostrou que os participantes da pesquisa se tornaram mais ativos, sendo possivelmente estimulados e motivados pelo ambiente com grande presença de vegetação e a boa infraestrutura do local e pelas orientações realizadas durante a pesquisa. Quanto às características antropométricas, sinais vitais e percepção subjetiva do esforço físico, foi possível observar que não houve diferenças significativas entre os dois períodos de coleta. Foi possível ainda constatar que houve um aumento dos participantes muito ativos na segunda fase da pesquisa. Foi verificado, ainda, que houve menor índice de monóxido de carbono no ar exalado (COex) na segunda fase (jul./2016), indicando que houve melhora na resposta fisiológica dos praticantes muito ativos. Importante ressaltar que houve um aumento nas queixas respiratórias na segunda fase da pesquisa – tosse, alergias e secreções nasais – que pode ter sido causadas pela associação da poluição atmosférica com a baixa umidade relativa do ar caracterizada no momento da segunda fase.
Abstract: The vehicular pollution may interfere with the practice of physical exercise and the quality of life of people in the urban environment. The People's Park in Presidente Prudente - SP, despite being a place with good infrastructure that provides physical exercise, is also a major hub of vehicular traffic. With regular practice of physical exercises we present benefits to the population as physical, social and affective health. In this way, this work aims to analyze the influence of the possible implications of vehicular pollution on individuals practicing regular physical exercises in the People's Park in the city of Presidente Prudente-SP. The questions that led to the accomplishment of this work are that the pollution can cause respiratory problems in the practitioners of physical exercise, and also, taking into account that we have the climate as an important variable and the best time to do physical exercise in the place presented. The hypothesis adopted is that the practitioner of physical exercise in the open environment with the presence of environmental pollution on some implication of their well being. The methodology used was the bibliographical research in selected literature and applied research with practitioners of physical activities in the People's Park, information was collected through interviews, systematic observation, an evasion pump to capture carbon monoxide present in the air of the place The determination of air pollutants will be performed through the automatic monitoring network, together with the daily values of temperature, relative humidity, precipitation, direction and wind speed and Coex for the measurement of carbon monoxide in exhaled air of participants before and after physical exercise on data collection days. During the course of the chapters, the importance of the vegetation present in the urban green parks was related to the physical exercise, therefore presented the air pollution in specific vehicular pollution and its effects on the environment and human health, following, demonstrated and contextualized the demographic characteristics Of the city and of the people's park, and above all that the place studied has great importance for city and regional development, valuing the environment and the accomplishment of physical exercise and well-being measured to the population. The results showed individuals with hemodynamic factors (PAS, PAD, FC, FR) within the normal established standard, more active presented in the IPAQ, being able to relate that the participants were stimulated and motivated by the extensive vegetation in the studied place.
Palavras-chave: Exercício físico. Poluição atmosférica. Áreas verdes urbanas. Saúde
Physical exercise. Air pollution. Urban green areas. Health
Área(s) do CNPq: OUTROS::CIENCIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional
Programa: Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional
Citação: FELIPE, Juliana. Possíveis implicações da poluição veicular em indivíduos praticantes de exercícios físicos regulares em Parque a céu aberto na cidade de Presidente Prudente - SP. 2017. 110 f. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1040
Data de defesa: 20-Apr-2017
Appears in Collections:Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliana Felipe.pdfDissertação - Juliana Felipe1,65 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons