???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1158
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise dos efeitos do uso do probiótico Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019 em ratos imunossuprimidos expostos a Candida albicans
Título(s) alternativo(s): Analysis of the effects of the use of probiotic Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019 in immunosuppressed rats exposed to Candida albicans
Autor: DOLENS, Éder da Silva 
Primeiro orientador: Straioto, Fabiana Gouveia
Primeiro membro da banca: Monteiro, Douglas Roberto
Segundo membro da banca: Nai, Gisele Alborghetti
Resumo: Introdução: Candidose é a infecção fúngica comum da cavidade oral em pacientes imunossuprimidos. O uso dos probióticos tem mostrado efeitos benéficos no controle de infecções devido a capacidade de imunomodulação. O reconhecimento de que os mastócitos desempenham um papel benéfico nas respostas do hospedeiro à infecção microbiana e indução da imunidade adaptativa tem sido alvo de muitos estudos recentes. Objetivo: Avaliar o efeito da administração de probióticos Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019 em ratos submetidos a quimioterapia (5-fluorouracil – 5-FU) e expostos a Candida albicans. Material e Método: Foram utilizados 80 ratos machos, distribuídos em 8 grupos (n=10) onde os fatores de estudo (exposição a C. albicans, administração do quimioterápico e a administração do probiótico) foram analisados isolados e em associações. A administração do probiótico foi iniciada 30 dias antes da exposição dos animais à Candida albicans. Os grupos imunossuprimidos foram submetidos a administração intraperitoneal de 5-FU no dia da exposição ao fungo, um inoculo de C. albicans espalhado no dorso da língua, e 48 h após esse procedimento. Os animais foram eutanasiados e as línguas foram dissecadas e processadas para realização de análises histopatológica e quantificação de mastócitos. Resultados: Os grupos com fatores de estudo isolados obtiveram as menores contagens de mastócitos, não apresentaram diferença estatística entre si e em relação ao grupo controle. Os grupos que receberam a suplementação probiótica com associações simultâneas obtiveram as maiores contagens de mastócitos e foram estatisticamente diferentes. Conclusão: O probiótico B. lactis HN019 demonstrou um efeito preventivo e também a capacidade de modulação do sistema imunológico do hospedeiro frente à exposição ao fungo Candida albicans.
Abstract: Introduction: Candidosis is the common fungal infection of the oral cavity in immunosuppressed patients. The use of probiotics has been presenting positive effects in the control of infections due to immunomodulation capacity. The recognition that mast cells play a beneficial role in host responses to microbial infection and induction of adaptive immunity has been the subject of many recent studies. Objective: The aim of study was analyses the effect of administration of probiotics Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019 in rats submitted to chemotherapy (5-fluorouracil-5-FU) and exposed to Candida albicans. Method: Eighty male rats were distributed in 8 groups (n = 10) and the study factors (exposure to C. albicans, administration of the chemotherapeutic agent and probiotic administration) were analyzed in isolation and in associations. Administration of the probiotic was initiated 30 days prior to exposure of the animals to Candida albicans. Immunosuppressed groups were given intraperitoneal administration of 5-FU on the day of exposure to the fungus, an inoculum of C. albicans spread on the back of the tongue, and 48 hours after the procedure. The animals were euthanized and the tongues were dissected and processed for histopathological analysis and quantification of mast cells. Results: Groups with isolated study factors had the lowest mast cell counts, did not present statistical difference between themselves and in relation to the control group. Groups that received probiotic supplementation with concurrent combinations had the highest mast cell counts and were statistically different. Conclusion: The probiotic B. lactis HN019 demonstrated a preventive effect and also the capacity to modulate the immune system of the host against exposure to the fungus Candida albicans.
Palavras-chave: Quimioterapia
Probióticos
Candida albicans
Mastócito
Probiotics
Candida albicans
Mast cell.
Drug Therapy
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Mestrado em Odontologia
Programa: Mestrado em Odontologia
Citação: DOLENS, Éder da Silva. Análise dos efeitos do uso do probiótico Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019 em ratos imunossuprimidos expostos a Candida albicans. 2019. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, SP, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1158
Data de defesa: 18-Feb-2019
Appears in Collections:Mestrado em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Eder da Silva Dolens.pdfDocumento principal.2,08 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons