???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1182
Tipo do documento: Tese
Título: Sistemas de produção com aporte de palha e nitrogênio sobre atributos do solo e desempenho da soja no Oeste Paulista
Título(s) alternativo(s): Production of no-tillage systems with straw and nitrogen support on soil attributes and soybean yield in west of São Paulo State
Autor: Fabris, Luciana Boulhosa 
Primeiro orientador: Calonego, Juliano Carlos
Primeiro membro da banca: Santos, Carlos Henrique dos
Segundo membro da banca: Pariz, Cristiano Magalhães
Terceiro membro da banca: Echer, Fábio Rafael
Quarto membro da banca: Foloni, José Salvador Simoneti
Resumo: A produção e a qualidade da palha depositada sobre o solo é um fator primordial para viabilizar o cultivo de soja em regiões de solos arenosos e com alto risco de déficit hídrico. O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito de sistemas de produção em semeadura direta com aporte diferenciado de palha e nitrogênio antecedendo o cultivo da soja, visando melhorias nas propriedades físicas e matéria orgânica do solo e aumento na produtividade de soja. O experimento foi instalado e conduzido em área experimental da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE, em Presidente Prudente-SP, em um solo classificado como Argissolo Vermelho distroférrico (EMBRAPA, 2006), nos anos agrícolas 2014/2015 e 2015/2016. O delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados, com quatro repetições, em esquema de parcelas subdivididas, sendo as parcelas constituídas por três rotações de culturas, I) milho/tremoço/soja, II) milho+braquiária/soja, III) braquiária/soja, e as subparcelas por quatro doses de N, 50, 100, 150 e 200 kg ha-1, aplicadas anualmente. Utilizou-se nos dois anos do experimento o híbrido de milho AG 5055 e a cultivar de soja BMX Potência RR. A espécie de braquiária utilizada foi a Urochloa brizantha (Syn. Braquiária) cv MG5, e a espécie de tremoço foi a Lupinus albus (tremoço branco). Foram avaliadas: quantidade de palha e sua persistência sobre o solo antes e após a semeadura da soja, parâmetros de produção e produtividade de soja, quantidade de raiz de soja e sua nodulação nos dois anos do experimento, além dos atributos físicos do solo e quantidade de matéria orgânica. Os resultados foram submetidos à análise de variância e os efeitos das variáveis foram comparadas pelo teste tuckey ao nível de 5% de probabilidade. É possível aumentar a produção de soja em regiões com solo de textura arenosa e sujeita ao déficit hídrico, utilizando sistemas de produção que aumente a produção de palha, como é o caso do uso de braquiária e doses anuais de N entre 150 e 200 kg ha-1. O cultivo de braquiária solteira ou em consórcio com milho na entressafra da soja possibilitou uma maior cobertura do solo com palha durante o cultivo da soja no verão. No entanto, isso não foi suficiente para aumentar a produção de grãos em anos com baixa produção de palha, como ocorrido na safra 2015/2016, mesmo com aumento do crescimento das raízes de soja em profundidade, quando em sucessão à braquiária solteira. Os tratamentos com maior aporte de palha e de N não resultaram em aumento nos teores de matéria orgânica no solo, provavelmente em razão da irregularidade de chuvas na época em que as forrageiras, grandes produtoras de massa verde tem as melhores condições de crescimento. A resposta positiva para o aumento da matéria orgânica na camada de 0-10 cm em função do maior aporte de palha pela braquiária, no primeiro ano do experimento, resultou também em aumento da microporosidade do solo. Porém, ficou evidenciado que, para as condições de solo e de clima em que foram realizados o experimento, se esse aporte não se repetir, os teores de matéria orgânica no solo não sem mantém. A adubação nitrogenada realizada nos sistemas de produção não interferiu negativamente na nodulação da soja, que ocorreu de forma satisfatória tanto na quantidade quanto na massa de nódulos analisados.
Abstract: The production and quality of the straw deposited on the soil is a prime factor to enable soybean cultivation in regions of sandy soils with high risk of water deficit. The objective of this work was to evaluate the no-tillage effect with differentiated straw and nitrogen input before soybean cultivation, aiming at improvements in the physical and organic matter properties of the soil and increase in soybean yield. The experiment was carried out in an experimental area of the Western São Paulo University - UNOESTE, in Presidente Prudente-SP, in the agricultural years 2014/2015 and 2015 / 2016. The experimental design was a randomized complete block design, with four replications, in a subdivided plots scheme, with four replications. The plots consisted of three crop rotations, I) corn / lupine / soybean, II) corn + palisade grass / soybean, III) palisade grass / soybean, and the subplots by four doses of N, 50, 100, 150 and 200 kg ha-1 applied annually. Were evaluated: amount of straw and its persistence on the soil before and after soybean sowing, soybean yield, amount of soybean root and its nodulation in the two years of the experiment, besides the chemical and physical attributes of the soil. The results were submitted to analysis of variance and the effects of the variables were compared by the tuckey test at the 5% probability level. It is possible to increase soybean yield in regions with sandy texture and water deficit, using production systems that increase the straw production , with use of palisade grass and annual doses of N between 150 and 200 kg ha -1. The single palisade grass cultivation or intercropping with maize in the soybean harvest season allowed a greater soil cover with straw during summer soybean. However, this was not enough to increase grain yield in years with low straw production, as occurred in the 2015/2016 harvest, even with increased soybean root growth in depth, when in succession to single palisade grass. The treatments with higher straw and N inputs did not result in an increase in organic matter content in the soil, probably due to the irregularity of rainfall during the period when the forage plants, which are large producers of green mass, have the best growing conditions. The organic matter increase in the 0-10 cm layer due to the greater contribution of palisade grass straw in the first year of the experiment also resulted in an increase in soil microporosity. It was evidenced that, the organic matter content in the soil does note remain uncharged because the soil and climate conditions in which the experiment was carried out. The nitrogen fertilization did not interfere in the nodulation of the soybean, which occurred satisfactorily both in the quantity and in the mass of the analyzed nodules, when it is carried out in the production systems.
Palavras-chave: Glycine max (L.) Merrill; Sistema Semeadura Direta; Física do solo; Adubação nitrogenada.
Glycine max (L.) Merrill, direct seeding system, Soil physics; Nitrogen fertilization.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Doutorado em Agronomia
Programa: Doutorado em Agronomia
Citação: Fabris, Luciana Boulhosa. Sistemas de produção com aporte de palha e nitrogênio sobre atributos do solo e desempenho da soja no Oeste Paulista. 2018. 72. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1182
Data de defesa: 28-Sep-2018
Appears in Collections:Doutorado em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luciana Boulhosa Fabris.pdfLuciana Boulhosa Fabris1,12 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.