???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1196
Tipo do documento: Tese
Título: Bloqueio infiltrativo com ropivacaína isolada e associada ao meloxicam em gatas submetidas à ovariosalpingohisterectomia: repercussões intra e pós-operatórias
Autor: Carapeba, Gabriel de Oliveira Lima 
Primeiro orientador: Cassu, Renata Navarro
Primeiro membro da banca: Nogueira, Rosa Maria Barilli
Segundo membro da banca: Giuffrida, Rogério
Terceiro membro da banca: Lianza, Sérgio
Quarto membro da banca: Silva, Fabrício Colacino
Resumo: Objetivou-se investigar os efeitos clínicos da infiltração local de ropivacaina isolada e associada ao meloxicam em gatas submetidas à ovariosalpingohisterectomia (OSH) eletiva. Quarenta e cinco gatas foram sedadas com a associação de acepromazina (0,05 mg/kg) à meperidina (6 mg/kg), por via intramuscular (IM). A indução anestésica foi feita com propofol intravenoso (dose- efeito), seguindo-se a manutenção anestésica com isofluorano/O2. Os animais foram distribuídos em três tratamentos (n=15), que consistiram de infiltração local de solução salina 0,9% (grupo S), infiltração local de ropivacaína 0,25% isolada (1 mg/kg, grupo R) e associada ao meloxicam (0,2 mg/kg, grupo RM). Os tratamentos foram administrados no tecido subcutâneo adjacente à linha de incisão cirúrgica, em cada um dos pedículos ovarianos e na cérvix uterina. Frequência cardíaca (FC), pressão arterial sistólica (PAS) e concentração final expirada de isofluorano (ETiso) foram registradas nos momentos: M1= basal, incisão cirúrgica da linha média, M2/M3/M4 = ligadura do pedículo ovariano direito/esquerdo/coto uterino e M5 = sutura de pele. Nas primeiras 24 horas após a extubação traqueal, o grau de analgesia foi avaliado utilizando-se a Escala Analógica Visual Interativa e Dinâmica (EAVID), a Escala Composta Multidimensional- UNESP-Botucatu (ECM) e os filamentos de Von Frey. Morfina (0,1 mg/kg, IM) foi administrada como analgesia de resgate. Empregou-se teste qui-quadrado, ANOVA com teste de Tukey e teste de Kruskall-Wallis e Friedman para dados paramétricos e não paramétricos, respectivamente (P < 0,05). Os valores médios registrados de ETiso foram inferiores no grupo RM em relação aos grupos S e R (P = 0,0002). Em relação aos grupos S e R, no grupo RM a ETiso foi reduzida em 21,9% e 15,6%, respectivamente. Valores inferiores de FC foram detectados nos momentos M2 (P = 0,001), M3 (P = 0,006) e M4 (P = 0,002) e de PAS no M2 (P = 0,001) e M3 (P = 0,006) no grupo RM em relação aos grupos R e S. Na 1ª hora após a extubação traqueal, escores inferiores foram observados no grupo RM pela EAVID em relação aos demais grupos (P = 0,034). Analgesia de resgate foi necessária em 4/15 gatas no S e em 1/15 gatas nos grupos R e RM (P > 0,05). Conclui-se que como parte de um protocolo de analgesia multimodal, o tratamento RM reduziu o requerimento de isofluorano e a resposta cardiovascular intra-operatória, além de diminuir os escores de dor (EAVID) na primeira hora após a OSH em gatas.
Abstract: The aim of this study was to investigate the clinical effects of the local infiltration of ropivacaine and its combination with meloxicam in cats undergoing elective ovariohysterectomy. Forty-five cats were sedated with acepromazine (0.05 mg/kg) and pethidine (6 mg/kg). Anesthesia was induced with intravenous propofol (dose effect) and maintained with isoflurane/O2. The cats were randomly distributed into three treatments (n = 15), which consisted of the local infiltration of saline solution (group S), ropivacaine 0.25% alone (1 mg/kg, group R), and combined with meloxicam (0.2 mg/kg, group RM). The treatments were infiltrated in the midline incision, and into the ovarian pedicles and caudal uterine body. Heart rate (HR), systolic arterial blood pressure (SABP), end- tidal isoflurane concentration (FE´ISO) were recorded at T1 = baseline, skin incision, T2/T3/T4 = after the clamping of first, second ovarian pedicles and the uterine cervix, respectively, and T5 = skin suture. In the first 24 hours post-extubation, the degree of analgesia was assessed using an Interactive Visual Analog Scale (IVAS), UNESP-Botucatu Multidimensional Composite Pain Scale (MCPS) and von Frey filaments. Rescue analgesia was provided with intramuscular morphine (0.1 mg/kg). Data were analyzed using the chi-square test, Tukey test, Kruskal-Wallis test, and Friedman test (P < 0.05). FE´ISO was significantly lower in the RM compared to the S and R groups (P = 0.0002). Compared with S and R groups, mean isoflurane requirement in the RM group were decreased by a mean of 21.9% and 15.6%, respectively. Significantly lower values of HR were recorded at T2 (P = 0.001), T3 (0.0006), and T4 (P = 0.002) and of SABP at T2 (P = 0.001) and T3 (P = 0.006) in the RM compared to R and S groups. The IVAS pain scores were lower at one hour postoperatively in the RM compared to the R and S groups (P = 0.034). Rescue analgesia was required in 4/15 cats in the S group and in 1/15 cat in each of the R and RM groups. In conclusion, as part of a multimodal analgesic protocol, the treatment RM decreased isoflurane requirements and cardiovascular responses intraoperatively, and also decreased the postoperative pain scores (IVAS) at one hour after ovariohysterectomy in cats.
Palavras-chave: analgesia, anestésico local, anti-inflamatório não-esteroidal, infiltração.
analgesia, infiltration, local anesthetic, non-steroidal anti-inflammatory drug.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal
Programa: Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal
Citação: Carapeba, Gabriel de Oliveira Lima. Bloqueio infiltrativo com ropivacaína isolada e associada ao meloxicam em gatas submetidas à ovariosalpingohisterectomia: repercussões intra e pós-operatórias. 2019. 85f. Tese (Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1196
Data de defesa: 14-Jun-2019
Appears in Collections:Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gabriel de Oliveira Lima Carapeba.pdfGabriel de Oliveira Lima Carapeba749,9 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.