???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1322
Tipo do documento: Dissertação
Título: Formação de professores para identificação de fatores de risco associados ao suicídio na adolescência
Título(s) alternativo(s): Teacher formation to identify risk factors associated with adolescent suicide
Autor: SILVA, Luiz Henrique Bochi 
Primeiro orientador: Murgo, Camélia Santina
Primeiro membro da banca: Schlünzen, Elisa Tomoe Moriya
Segundo membro da banca: Pessoa, Alex Sandro Gomes
Resumo: Esta dissertação está vinculada à linha de pesquisa Formação e ação do profissional docente e práticas educativas no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica o suicídio como grave problema de saúde pública. Estima-se que mais de 800.000 pessoas morrem a cada ano por suicídio, dentre elas, encontram-se jovens de 15 a 29 anos, configurando-se como a segunda causa de morte. Nesse contexto, a redução do suicídio de adolescentes é um grande desafio em muitos países. As estratégias de prevenção e de redução do suicídio na adolescência deparam-se com impedimentos. Diante dessas dificuldades, intervenções no contexto escolar são recomendadas para identificar e encaminhar adolescentes com comportamentos suicidas, considerando que ações nesse cenário podem viabilizar um acesso contínuo, pois os jovens passam a maior parte do tempo na escola. Nesse sentido, esta pesquisa tem por objetivo analisar as possibilidades e limites na realização de um trabalho junto aos educadores, objetivando instrumentalizá-los para identificar possíveis adolescentes em risco de cometerem suicídio. Para tanto, esta dissertação se estrutura em três estudos. O primeiro se refere a um ensaio teórico que apresenta e discute os fundamentos conceituais sobre adolescência e sobre suicídio. Nesse estudo, são mostrados os aspectos conceituais sobre a adolescência e sobre o suicídio na perspectiva Bioecológica, destacando-se as contribuições teóricas de Urie Bronfenbrenner sobre o desenvolvimento humano. Os resultados indicaram que essa teoria possibilita uma compreensão contextualizada em relação ao suicídio na adolescência, tendo em vista o estudo das inter-relações dos fatores pessoais, interpessoais e socioculturais que influenciam o comportamento suicida na adolescência. O segundo estudo objetivou verificar os conhecimentos e as perspectivas dos professores sobre o processo de identificação de fatores de risco do suicídio na adolescência. Para isso, foi constituído um grupo de 18 professores do Ensino Médio de uma escola no interior do estado de São Paulo. Os dados foram obtidos por meio de um Questionário de Atitudes e Conhecimentos em relação à identificação de fatores de risco associados ao suicídio na adolescência, para verificação do que os professores conhecem sobre o comportamento suicida. Os resultados evidenciaram lacunas em termos de conhecimentos do suicídio na adolescência: conhecimentos epidemiológicos, transtornos mentais e comportamentos suicidas, substâncias psicoativas e avaliação de risco de suicídio. Por fim, o terceiro estudo propõe um modelo de formação de professores para o processo de identificação, de acolhimento e de encaminhamento dos comportamentos suicidas na adolescência. Espera-se que esta pesquisa contribua para a compreensão dos impactos da formação dos professores na identificação de fatores de risco de suicídio na adolescência.
Abstract: This dissertation is linked to the line of research Formation and action of the teaching professional and educational practices within the scope of the Graduate Program in Education of the Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). The World Health Organization (WHO) classifies suicide as a serious public health problem. It is estimated that more than 800,000 people die each year from suicide, among them, young people aged 15 to 29 years, representing the second cause of death. In this context, reducing adolescent suicide is a major challenge in many countries. Prevention and reduction strategies for adolescent suicide face impediments. In view of these difficulties, interventions in the school context are recommended to identify and refer adolescents with suicidal behaviors, considering that actions in this scenario can enable continuous access, as young people spend most of their time at school. In this sense, this research aims to analyze the possibilities and limits in carrying out work with educators, aiming to instrumentalize them to identify possible adolescents at risk of committing suicide. Therefore, this dissertation is structured in three studies. The first refers to a theoretical essay that presents and discusses the conceptual foundations of adolescence and suicide. In this study, conceptual aspects about adolescence and suicide are shown in the Bioecological perspective, highlighting the theoretical contributions of Urie Bronfenbrenner on human development. The results indicated that this theory enables a contextualized understanding in relation to adolescent suicide, in view of the study of the interrelationships of personal, interpersonal and sociocultural factors that influence suicidal behavior in adolescence. The second study aimed to verify the knowledge and perspectives of teachers about the process of identifying risk factors for adolescent suicide. For this, a group of 18 high school teachers from a school in the state of São Paulo was formed. Data were obtained through an Attitudes and Knowledge Questionnaire in relation to the identification of risk factors associated with adolescent suicide, to verify what teachers know about suicidal behavior. The results showed gaps in terms of knowledge of suicide in adolescence: epidemiological knowledge, mental disorders and suicidal behaviors, psychoactive substances and suicide risk assessment. Finally, the third study proposes a teacher formation model for the process of identifying, welcoming and forwarding suicidal behavior in adolescence. It is hoped that this research will contribute to the understanding of the impacts of teacher training in the identification of risk factors for suicide in adolescence.
Palavras-chave: Teoria Bioecológica
Formação de Professores
Suicídio
Adolescência
Ensino Médio
Identificação de fatores de risco
Bioecological Theory
Teacher formation
Suicide
Adolescence
High school
Identification of risk factors.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Mestrado em Educação
Programa: Mestrado em Educação
Citação: SILVA, Luiz Henrique Bochi. Formação de professores para identificação de fatores de risco associados ao suicídio na adolescência. 2020. 116 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1322
Data de defesa: 8-Dec-2020
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luiz Henrique Bochi Silva.pdf710,91 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons