???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1338
Tipo do documento: Tese
Título: Inquérito sorológico e fatores associados à infecção por Toxocara spp. de bovinos abatidos em frigoríficos da região de Presidente Prudente, São Paulo
Título(s) alternativo(s): Serological survey and factors associated with the infection by Toxocara spp. of slaughtered cattle in slaughterhouses at the region of Presidente Prudente, São Paulo
Autor: Giudice, Paula Andreia Fabris 
Primeiro orientador: Santarém, Vamilton Alvares
Primeiro membro da banca: Cunha Filho, Luiz Fernando Coelho da
Segundo membro da banca: Yoshihara, Eidi
Terceiro membro da banca: Reis, Luis Souza Lima de Souza
Quarto membro da banca: Vianna, Luís Carlos
Resumo: A toxocaríase é uma das helmintozoonoses mais prevalentes no mundo. A transmissão para os humanos pode ocorrer por meio da ingestão de larvas presentes em tecidos/vísceras cruas ou malcozidas de hospedeiros paratênicos, mais comumente os bovinos. Entretanto, há escassez de estudos sobre inquérito sorológico e os fatores de risco associados com a toxocaríase em bovinos. O objetivo do estudo foi avaliar a prevalência de anticorpos anti-Toxocara em bovinos e determinar fatores de risco associados à toxocaríase, na região oeste do Estado de São Paulo. Foram colhidas 553 amostras de sangue bovino em dois frigoríficos da região de Presidente Prudente, para pesquisa de anticorpos anti-Toxocara pelo teste de ELISA indireto padronizado para este objetivo. No momento do abate, os proprietários dos bovinos foram convidados para participar do estudo e houve a aplicação de questionário para obtenção de dados relacionadas ao sexo dos bovinos e às características das propriedades. A prevalência geral de anticorpos anti-Toxocara dos bovinos avaliados foi de 38% (212/553), e 95,66% das propriedades apresentavam pelo menos um bovino soropositivo (22/23). Aptidão para corte (OR=2,47; IC 95%=1,21-5,23; p= 0,014) e presença de cães (OR=2,39; IC 95%=1,26-4,80; p=0,010) ou de gatos (OR=2,18; IC 95%=1,41-3,41; p<0,001) na propriedade foram os fatores de risco associados às propriedades. O sistema de criação em confinamento mostrou-se um fator de proteção (OR=0,37; IC 95%=0,23-0.60; p<0,001). Em relação aos cães, a não utilização de ração comercial (OR: 2,09; IC 95%: 1,443-3,028; p= 0,0001), o fornecimento regular de carne crua (OR: 4,88; IC 95%: 3,14-7,72; p< 0,001), e o hábito de caça (OR: 2,10; IC 95%: IC 95%: 1,44-3,08; p< 0,001) foram associados com a presença de anticorpos anti-Toxocara nos bovinos. Estes resultados apontam a exposição de bovinos à infecção por Toxocara spp. e a possibilidade de transmissão da toxocaríase humana por meio da ingestão de tecidos malcozidos de bovinos.
Abstract: The Toxocariasis is one of the most prevalent helmintozoonoses in the world. The transmission to the humans can occur through the ingestion of larvae present in raw or undercooked viscera/tissue from paratenic hosts, most commonly in cattle. However, there is a scarcity of studies on serological survey and the risk factors associated with the toxocariasis in cattle. The aim of the study was to evaluate the prevalence of the anti-Toxocara antibodies in cattle and to determine the risk factors associated with toxocariasis in the region of Presidente Prudente, São Paulo. A total of 553 bovine blood samples were collected in two slaughterhouses in the region of Presidente Prudente, to verify the production of anti-Toxocara antibodies, by using the standardized indirect ELISA test for this purpose. At the time of the slaughter, the cattle owners were invited to take part in the study and a questionnaire was applied to obtain some data related to the sex of the cattle and the characteristics of the properties. The overall prevalence of anti-Toxocara antibodies was 38% (212/553), and 95.66% of the properties had at least one seropositive bovine (22/23). Beef cattle farms (OR = 2.47; 95% CI = 1.21-5.23; p = 0.014) and presence of dogs (OR = 2.39; 95% CI = 1.26-4.80; p = 0.010) or cats (OR = 2.18; 95% CI = 1.41-3.41; p <0.001) on the property were associated with a positive ELISA test. The feedlot system was shown to be a protective factor (OR = 0.37; 95% CI = 0.23-0.60; p <0.001). Regarding dogs, the non-use of commercial feed (OR: 2.09; 95% CI: 1.443-3.028; p = 0.0001), the regular supply of raw meat (OR: 4.88; 95% CI: 3.14-7.72; p <0.001), and the hunting habit (OR: 2.10; 95% CI: 95% CI: 1.44-3.08; p <0.001) were associated with the presence of anti-Toxocara antibodies. These results indicate the exposure of cattle to infection by Toxocara spp. and the possibility of transmission of human toxocariasis through the ingestion of undercooked bovine tissues.
Palavras-chave: Bovinos. Toxocaríase. Zoonose. Soroprevalência.
Cattle. Toxocariasis. Zoonosis. Seroprevalence.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal
Programa: Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal
Citação: Giudice, Paula Andreia Fabris. Inquérito sorológico e fatores associados à infecção por Toxocara spp. de bovinos abatidos em frigoríficos da região de Presidente Prudente, São Paulo. 2020. 64f. Tese (Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1338
Data de defesa: 26-Jun-2020
Appears in Collections:Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Paula Andreia Fabris Giudice.pdfPaula Andreia Fabris Giudice1,21 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.