???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1353
Tipo do documento: Tese
Título: Alimentos funcionais atenuam indicadores de doenças inflamatórias intestinais
Título(s) alternativo(s): Functional foods attenuate indicators of intestinal inflammatory diseases
Autor: Rufino, Marcos Natal 
Primeiro orientador: Bremer Neto, Hermann
Primeiro membro da banca: Higa, Oscar Haruo
Segundo membro da banca: Camparoto, Marjori Leiva
Terceiro membro da banca: Lira, Fabio Santos
Quarto membro da banca: Hernandes, Rodrigo Tavanelli
Resumo: As doenças inflamatórias intestinais (DIIs) são enfermidades crônicas e recidivantes, com incidência global e crescimento acelerado em países recentemente industrializados. Dentre as DIIs, a colite ulcerativa (UC) afeta o cólon e compromete a qualidade e a expectativa de vida dos pacientes. Estudos em modelos animais e humanos sugerem que na UC existe um aumento na expressão de citocinas pró-inflamatórias decorrente de microbiota intestinal patogênica, e esta situação desempenha um papel fundamental no desenvolvimento e manutenção da doença. Os alimentos funcionais, prebióticos e simbióticos, são potenciais terapêuticas alternativas ou complementar aos tratamentos atuais para a DII, por proporcionarem a sobrevivência, implantação e equilíbrio benéfico da microbiota intestinal. Esta revisão sistemática com meta-análise examinou ensaios pré-clínicos para elucidar os efeitos dos alimentos prebióticos na DII induzida e, os resultados de ensaios clínicos randomizados para elevar evidência acerca da segurança e eficácia dos simbióticos como tratamento da UC. Os artigos foram obtidos entre janeiro de 2017 e março de 2019 nas bases de dados "Pub Med", "ScienceDirect" e "Scielo", utilizando as palavras-chaves “colite”, “simbiótico” e “prebiótico”. Um total de 1779 estudos completos, resumos ou capítulos de livros foram encontrados e listaram as palavras-chave usadas na pesquisa bibliográfica. Ao final do processo de seleção, cinco trabalhos preencheram os critérios de inclusão para meta-análise de ensaios experimentais randomizados, e três foram incluídos para a meta-análise de ensaios clínicos em humanos. Ao comparar os dados, foi observado um aumento significativo de Lactobacillus e Bifidobacterium no cólon dos animais dos grupos suplementados com prebióticos, e uma diminuição significativa nos escores de danos macroscópicos no cólon. Ainda, os resultados demonstraram melhora significativa endoscópica ou histológica, do indice de atividade clínica e proteína – C - reativa, microbiota, BHI, mRNAs, TNFα, IL-1α, IL-10, MPO e Hemograma dos pacientes. Os dados encontrados demonstraram fortemente a capacidade dos prebióticos em aumentar a quantidade de bactérias benéficas, diminuir os escores de danos macroscópicos, aumentar a concentração de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) e melhorar os indicadores de inflamação e estresse oxidativo no cólon dos animais estudados, e também que os simbióticos aumentam microorganismos probióticos, modula e reduz citocinas colônicas pró-inflamatórias e eleva as anti-inflamatórias. Este fato reduz indicadores inflamatórios do cólon dos pacientes. Reforçamos a evidência que os alimentos funcionais têm potencial terapêutico para pacientes com de UC. Estudos são necessários para investigar os efeitos a longo prazo e doses a serem utilizadas na UC ativa.
Abstract: Inflammatory bowel diseases (IBDs) are chronic and relapsing diseases, with global incidence and accelerated growth in newly industrialized countries. Among IBD, ulcerative colitis (UC) affects the colon and compromises quality and life expectancy of patients. Studies in animal and human models suggest that in UC there is an increase in the expression of proinflammatory cytokines due to pathogenic intestinal microbiota, and this situation plays a fundamental role in the development and maintenance of the disease. Functional, prebiotic and symbiotic foods are potential therapeutic alternatives or complementary to the current treatments for IBD, since they provide survival, implantation and beneficial balance of microbiota intestinal. This systematic review with meta-analysis examined preclinical trials to elucidate the effects of prebiotic foods on induced IBD and the results of randomized clinical trials to raise evidence about the safety and efficacy of symbiotics as treatment of UA. The articles were obtained between January 2017 and March 2019 in the Pub Med, ScienceDirect and Scielo databases using the colitis, symbiotic and prebiotic keywords. A total of 1779 complete studies, abstracts or chapters of books were found and listed the keywords used in the literature search. At the end of the selection process, five papers met the inclusion criteria for meta-analysis of randomized experimental trials, and three were included for the meta-analysis of clinical trials in humans. When comparing the data, a significant increase of Lactobacillus and Bifidobacterium in the colon of the animals of the groups supplemented with prebiotics was observed, and a significant decrease in the macroscopic damages scores in the colon. In addition, the results demonstrated significant endoscopic or histological improvement of the clinical activity index and C-reactive protein, microbiota, BHI, mRNAs, TNFα, IL-1α, IL-10, MPO. The data found strongly demonstrated the ability of prebiotics to increase the amount of beneficial bacteria, decrease macroscopic damage scores, increase short chain fatty acid concentration (CCFA) and improve the indicators of inflammation and oxidative stress in the colon of the animals studied , and also that symbiotics increase probiotic microorganisms, modulate the reduces proinflammatory colonic cytokines and elevates the anti-inflammatory. This fact reduces inflammatory indicators of the colon of the patients. We reinforce the evidence that functional foods have therapeutic potential for patients with UC. Studies are needed to investigate the long-term effects / doses to be used in active UC.
Palavras-chave: Prebiótico; Simbiótico, Inflamação; Microbiota.
Prebiotic; Symbiotic, Inflammation; Microbiota.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal
Programa: Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal
Citação: Rufino, Marcos Natal. Alimentos funcionais atenuam indicadores de doenças inflamatórias intestinais. 2019. 82f. Tese (Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1353
Data de defesa: 30-Oct-2019
Appears in Collections:Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcos Natal Rufino.pdfMarcos Natal Rufino1,58 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.