???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1403
Tipo do documento: Tese
Título: Contato com cão ou gato como fator de risco para toxocaríase em adultos e crianças: revisão sistemática e metanálise (2009-2019)
Título(s) alternativo(s): Contact with dogs or cats as a risk factor for toxocariasis in adults and children: A systematic review and meta-analysis (2009-2019)
Autor: Merigueti, Yslla Fernanda Fitz Balo 
Primeiro orientador: Santarém, Vamilton Alvares
Primeiro coorientador: Silva, Rodrigo Costa da
Primeiro membro da banca: Silva, Aristeu Vieira da
Segundo membro da banca: Biondo, Alexander Welker
Terceiro membro da banca: Negri, Elaine Cristina
Quarto membro da banca: Giuffrida, Rogerio
Resumo: Contato com cão ou gato como fator de risco para toxocaríase em adultos e crianças: revisão sistemática e metanálise (2009-2019). A toxocaríase é uma zoonose parasitária com ampla distribuição mundial causada pelos nematódeos do gênero Toxocara canis e Toxocara cati, cujos hospedeiros definitivos são o cão e o gato, respectivamente. A doença é considera como uma das principais infecções parasitárias negligenciadas de atenção para a saúde pública. O contato com cães ou gatos é um dos fatores de risco associados à toxocaríase. Apesar das metanálises realizadas sobre a epidemiologia da doença, há uma lacuna no que se refere ao contato com animais de estimação (cães ou gatos) como fator de risco para a doença em adultos e em crianças isoladamente. A presente metanálise teve como objetivo avaliar se o contato com cão ou gato é fator de risco para a toxocaríase em adultos (maiores de 18 anos) e em crianças (menores de 18 anos). A estratégia de busca foi realizada nas bases de dados PubMed/MEDLINE, EMBASE, Scopus e SciELO, de janeiro de 2009 a junho de 2019. Foi utilizado o modelo de metanálise de efeitos aleatórios para estimar o odds ratio (OR) e os intervalos de confiança de 95% (IC 95%). A heterogeneidade estatística foi avaliada a partir do teste Q de Cochran e dos valores de I2. Um total de 32 estudos transversais (n=14.979 indivíduos) das diferentes regiões geográficas, classificadas pela Organização Mundial da Saúde, foram incluídos na metanálise. Observou-se que 16,2% (1.576/9.739; IC 95%=15,4-17%) das crianças e 7,8% (411/5.240; IC 95%=7,1-8,6%) dos adultos em contato com cães ou gatos foram sororeagentes para anticorpos anti-Toxocara, mas a associação entre o contato com cães (OR=1,66; p<0,0001) ou com gatos (OR=1,79; p=0,0012) foi verificada apenas em crianças. Em relação às regiões geográficas, houve associação entre a soropositividade e o contato com animais de estimação nas populações das Américas (OR=1,40; IC 95%=1,19-1,77), Oriente Médio (OR=2,31; IC 95%=1,45-3,71) e Pacifico Oeste (OR=1,47; IC 95%=1,19-1,81). O contato com cães ou gatos como fator de risco para toxocaríase em crianças observado na nossa metanálise sugere atenção especial a essa população quando das elaborações de medidas preventiva para essa zoonose.
Abstract: Toxocariasis, a neglected parasitic zoonosis with worldwide distribution, has been reportedly associated to different risk factors in several epidemiological and meta-analysis studies. However, direct pet (dog and cat) contact as isolated associated risk factor for children and adults remains to be fully established. Accordingly, the present meta-analysis has aimed to directly assess pet contact for toxocariasis seropositivity in under-18 and adult persons, using a survey strategy of PubMed/Medline, Embase, Scopus and Scielo Databases, from January 2009 to June 2019. A meta-analysis model of random effects was applied to estimate odds ratio (OR) with 95% Confidence Interval (CI 95%). The statistical heterogeneity was evaluated by the Cochran Q Test and I2 values. A total of 32transversal studies (n=14,979 individuals) from different geographic regions (classified by the World Health Organization) were included herein. In overall, 1,576/9,739 (16.18%; CI 95%=15.4-17) youngers and 411/5,240 (7.84%; CI 95%=7.1-8.6) adults in direct contact with dogs or cats were serologically reagent for anti-Toxocara antibodies. Association of direct pet contact was observed only in youngers, with both dogs (OR=1.66; p<0.0001) and cats (OR=1.79; p=0.0012). In addition, association of direct pet contact and serology was statistically significant in populations of Americas (OR=1.40; CI 95%=1.19-1.77), Middle East (OR=2.31; CI 95%=1.45-3.71) and West Pacific (OR=1.47; CI 95%=1.19-1.81). In conclusion, direct contact with pets, particularly by younger individuals and in regions such as Americas, Middle East, and West Pacific, should be always a public health concern for toxocariasis. Moreover, pets should be periodically dewormed, washed and hair cleaned prior to contact with youngers. Finally, robust statistical results herein may serve as basis for future strategies and preventive measures for safer pet contact.
Palavras-chave: epidemiologia; animais de estimação; zoonoses; revisão sistemática; metanálise.
epidemiology; pets; zoonoses; systematic review; meta-analysis.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal
Programa: Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal
Citação: Merigueti, Yslla Fernanda Fitz Balo. Contato com cão ou gato como fator de risco para toxocaríase em adultos e crianças: revisão sistemática e metanálise (2009-2019). 2021. 78f. Tese (Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1403
Data de defesa: 29-Oct-2021
Appears in Collections:Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Yslla Fernanda Fitz Balo Merigueti.pdfYslla Fernanda Fitz Balo Merigueti3,96 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.