???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1512
Tipo do documento: Tese
Título: Eficácia analgésica e anti-inflamatória da lidocaína administrada em pontos de acupuntura comparativamente à via intravenosa em cadelas com piometra
Título(s) alternativo(s): Analgesic and anti-inflammatory efficacy of lidocaine administered at acupuncture points compared to intravenous in bitches with pyometra
Autor: Nicácio, Isabela Picolo Guimarães Alves 
Primeiro orientador: Cassu, Renata Navarro
Primeiro membro da banca: Nogueira, Rosa Maria Barilli
Segundo membro da banca: Kanashiro, Glaucia Prada
Terceiro membro da banca: Luna, Stelio Pacca Loureiro
Quarto membro da banca: Motta, Yudney Pereira da
Resumo: Objetivou-se avaliar a eficácia analgésica e anti-inflamatória da lidocaína administrada em pontos de acupuntura e por via intravenosa (IV) em cães. Foram avaliadas 27 cadelas submetidas à ovariosalpingohisterectomia diagnosticadas com piometra. Após a administração de metadona (0,3 mg/ kg), por via intramuscular (IM), a indução anestésica foi realizada com propofol IV, seguindo-se a manutenção com isofluorano/O2. Os animais foram distribuídos em três tratamentos: LIV (n = 9): administração IV de lidocaína 1% (bolus inicial: 2 mg/kg, infusão contínua de 50 µg/kg/min); LAP (n = 9): administração subcutânea bilateral de lidocaína (1mg/kg) nos pontos de acupuntura E36 e BP6; SAL (n = 9): administração IV de solução salina (bolus inicial: 0,2 ml/kg, infusão contínua de 2ml/kg/h). Fentanil (2,5 µg/kg IV) foi administrado para controlar a resposta cardiovascular ao estímulo cirúrgico. Durante as primeiras 24 horas após a extubação traqueal foi avaliado o grau de analgesia utilizando-se a Escala de Avaliação Numérica (EAN) e a Escala Composta de dor de Glasgow -forma abreviada (CMPS-SF), além do grau de sedação por sistema de escore. Metadona (0,3 mg/kg IM) foi administrada como analgesia de resgate, em casos de CMPS-SF ≥ 6/24. A concentração sérica das interleucinas (IL-6 e IL-10), do fator de necrose tumoral alfa e da proteína C- reativa foram mensuradas no momento basal, 6, 12 e 24 horas após a cirurgia. Os dados foram analisados com ANOVA, teste de Tukey, teste de Kruskall-Wallis, teste de Friedman e teste de qui-quadrado e correlação de Spearman (P < 0,05). Houve necessidade de suplementação analgésica intraoperatória em 44,4% (4/9), 33,3% (3/9) e 11,1% (1/9) dos animais dos grupos SAL, LIV e LAP, respectivamente (P = 0,28). Os escores de dor e de sedação não diferiram entre os grupos. Suplementação analgésica pós-operatória foi necessária em 33,3% (3/9) dos animais nos grupos SAL e LIV e 11,1% (1/9) dos animais do LAP (P = 0,46). A concentração sérica dos marcadores inflamatórios não diferiu entre os tratamentos e nem ao longo do tempo. Em relação aos valores basais, houve redução de 56%, 29%, 20% na concentração de IL-6 nos grupos LAP, LIV e SAL, respectivamente, às 24 horas após a cirurgia (P = 0,13-0,49). Conclui-se que os três tratamentos foram estatisticamente comparáveis. Contudo, a administração de lidocaína nos acupontos E36 e BP6 pode ser considerada uma alternativa viável, uma vez esse tratamento resultou em menor prevalência de suplementação analgésica perioperatória e redução mais acentuada da concentração sérica de IL-6 em cadelas em SIRS decorrente de piometra. Palavras-chave: analgesia, dor pós-operatória, farmacopuntura, marcadores inflamatórios.
Abstract: The aim of this study was to evaluate perioperative analgesic and anti-inflammatory efficacy of lidocaine administered at acupuncture points compared to intravenous (IV) route in dogs. Twenty-seven dogs undergoing ovariohysterectomy diagnosed with pyometra were included in the study. After methadone (0.3 mg/kg) administration by intramuscular (IM) route, anesthesia was induced with IV propofol and maintained with isoflurane/O2. The dogs were distributed into three groups: LIV (n = 9): IV lidocaine 1% infusion (loading dose of 2 mg/kg, constant rate infusion of 50 µg/kg/min); LAP (n = 9): subcutaneous lidocaine 1% (1 mg/kg) injected bilaterally at ST36 and SP6 acupoints; SAL (n=9): IV saline infusion (loading dose of 2 mL/kg, constant rate infusion of 2 mL/kg/min). Fentanyl (2.5 µg/kg IV) was given to control cardiovascular responses to surgical stimulation. Sedation and pain were assessed preoperatively and over 24 hours after extubation using sedation scoring, a Numerical Rating Scale (NRS) and the short-form of the Glasgow Composite Pain Scale (CMPS-SF). Methadone (0.3 mg/kg, IM) was administered as rescue analgesia if CMPS-SF ≥ 6/24. Serum concentration of interleukins (IL-6 and IL-10), tumor necrosis factor, and C-reactive protein were recorded at baseline, 6, 12, and 24 hours after surgery. Data were analyzed using the chi-square test, Tukey test, qui-square test, Kruskal–Wallis test, Friedman test, and Spearman correlation (P < 0.05). Intraoperatively, fentanyl was given to 44.4% (4/9), 33.3% (3/9) and 11.1% (1/9) of the dogs in the SAL, LIV and LAP groups, respectively (P = 0.46). Postoperative rescue analgesia was required in 33.3% (3/9), 33.3% (3/9) e 11.1% (1/9) of the dogs in the SAL, LIV and LAP groups, respectively (P = 0.46). The levels of inflammatory biomarkers did not differ among groups and over time. Compared with baseline values, at 24 h post-surgery the concentration of IL-6 was decreased by 56%, 29%, 20,4% in the LAP, LIV and SAL groups, respectively (P = 0.13-0.49). In conclusion, the three treatments were statistically comparable, however the administration of lidocaine at ST36 and SP6 acupoints resulted in a trend toward lower perioperative analgesic supplementation and greater reduction of IL- concentration in dogs in SIRS secondary to pyometra.
Palavras-chave: analgesia; dor pós-operatória; farmacopuntura; marcadores inflamatórios.
analgesia; postoperative pain; pharmacopuncture; inflammatory markers.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional
Programa: Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional
Citação: Nicácio, Isabela Picolo Guimarães Alves. Eficácia analgésica e anti-inflamatória da lidocaína administrada em pontos de acupuntura comparativamente à via intravenosa em cadelas com piometra. 2022. 96f. Tese (Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2022.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1512
Data de defesa: 15-Dec-2022
Appears in Collections:Doutorado em Fisiopatologia e Saúde Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Isabela Picolo Guimarães Alves Nicácio.pdfIsabela Picolo Guimarães Alves Nicácio829,04 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.