???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1538
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise de marcadores inflamatórios na mucosa nasal de camundongos pós exposição inalatória aguda ao herbicida ácido diclorofenoxiacético 2,4-D
Título(s) alternativo(s): Analysis of inflammatory markers in mouse nasal mucosa after acute inhalation exposure to the 2,4-D Dichlorophenoxyacetic acid herbicide
Autor: Cavalcante, José Rafael Assad 
Primeiro orientador: Rossi, Renata Calciolari
Primeiro membro da banca: Moris, Daniela Vanessa
Segundo membro da banca: Salge, Ana Karina Marques
Resumo: Para lidar com os estímulos agressivos do ambiente, todos os seres vivos possuem mecanismos adaptativos, com o fim de manter o equilíbrio homeostático. Um desses mecanismos é a resposta inflamatória, que pode ser identificada através de marcadores conhecidos como citocinas pró-inflamatórias. O objetivo da presente pesquisa é analisar se a exposição aguda inalatória ao herbicida 2,4-D causa reações infamatórias na mucosa nasal de camundongos através da quantificação das citocinas: TNF-α,IL-1, IL-6 e IFN-γ. Para tanto, 4 grupos compostos por 20 camundongos Swiss adultos machos foram expostos a diferentes concentrações do herbicida citado (Grupo Salina e Grupos de baixa, média e alta concentração). Os animais de cada grupo foram subdividos em 4 grupos e cada grupo exposto à nebulização por diferentes intervalos de tempo: 24, 48 e 72 horas. Após eutánasia, a mucosa nasal de cada camundongo foi coletada para análise imunohistoquímica. Para este procedimento, as lâminas (5 μm) foram incubadas com os anticorpos para TNF-α, IL-1, IL-6 e IFN-γ, e então as imagens das lâminas foram capturadas por meio de microscópio óptico com câmera acoplada. Para a análise estatística dos dados foi considerada a presença de dois fatores: Tempo x Concentração. As diferenças foram consideradas estatisticamente significantes quando p foi menor que 5% (p < 0,05). Nossos resultados mostraram que o 2,4-D foi capaz de modificar o padrão de expressão de todas as citocinas analisadas, sugerindo, desta forma, que a exposição ao 2,4-D é capaz de alterar a imunologia das vias aéreas superiores, corroborando a hipótese da potencial patogenicidade do 2,4-D, uma vez que, um padrão de expressão de citocinas alterado pode gerar um ambiente propício ao surgimento de diversas patologias.
Abstract: To deal with aggressive environmental stimuli, all living beings have adaptive mechanisms in order to maintain homeostatic balance. One of these mechanisms isthe inflammatory response, which can be identified through markers known as pro-inflammatory cytokines.The aim of this research is to analyze whether acute inhalational exposure to the herbicide 2,4-D causes inflammatory reactions in the nasal mucosa of mice through the quantification of cytokines:TNF-α, IL-1, IL-6 and IFN-γ. For this purpose, 4 groups composed of 20 adult male Swiss mice were exposed to different concentrations of the afore mentioned herbicide (Saline Group and Low, Medium and High Concentration Groups).The animals in each group were subdivided into 4 groups and each group exposed to nebulization for different time intervals: 24, 48 and 72 hours. After euthanasia, the nasal mucosa of each mouse was collected for immunohistochemical analysis. For this procedure, the slides (5 μm) were incubated with antibodies to TNF-α, IL-1, IL-6 and IFN-γ, and then the images of the slides were captured using an optical microscope with a camera attached. For the statistical analysis of the data, the presence of two factors was considered: Time x Concentration. Differences were considered statistically significant when p was less than 5% (p < 0,05). Our results showed that 2,4-D was capable of modifying the expression pattern of all analyzed cytokines, thus suggesting that exposure to 2,4-D is capable of altering the immunology of the upper airways, corroborating the hypothesis of the potential pathogenicity of 2,4-D, since an altered expression pattern of cytokines can generate an environment conducive to the emergence of several pathologies.
Palavras-chave: herbicidas
ácido 2,4-diclorofenoxiacético
mucosa nasal
exposição por inalação
inflamação
citocinas
herbicides
2,4-dichlorophenoxyacetic acid
nasal mucosa
inhalation exposure
inflammation
citokynes
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Mestrado em Ciências da Saúde
Programa: Mestrado em Ciências da Saúde
Citação: CAVALCANTE, José Rafael Assad. Análise de marcadores inflamatórios na mucosa nasal de camundongos pós exposição inalatória aguda ao herbicida ácido diclorofenoxiacético 2,4-D. 2023. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, SP, 2023.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1538
Data de defesa: 24-Mar-2023
Appears in Collections:Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
José Rafael Assad Cavalcante correções.pdfDocumento principal.2,69 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.