???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/996
Tipo do documento: Dissertação
Título: Lesões do trato respiratório cádmio induzidas – intoxicação por ingestão e pH da água poderiam influenciar sua gênese? : um estudo experimental em ratos
Título(s) alternativo(s): Respiratory tract cadmium-induced injuries – poisoning via intake and water ph could influence their genesis? an experimental study in rats
Autor: SOARES, F. F. M. 
Primeiro orientador: NAI, G. A.
Primeiro membro da banca: PADULLA, S. A. T.
Segundo membro da banca: LAPOSY, C. B.
Resumo: O cádmio é um metal muito utilizado na indústria. A exposição ao cádmio pode desenvolver uma variedade de doenças pulmonares. Não há na literatura avaliação do dano traqueal ou mesmo se a ingestão de cádmio pode também provocar danos ao trato respiratório. O objetivo do estudo é investigar as alterações histopatológicas causadas por intoxicação por cádmio via ingestão no trato respiratório e os possíveis efeitos do pH da água na gênese destas alterações. Utilizaram-se 90 ratos Wistar, divididos em 6 grupos (n=15): A – solução de cloreto de cádmio (CdCl2 - 400mg/L) na água de beber com pH 7,0; B – CdCl2 (400mg/L) na água de beber com pH 5,0; C – CdCl2 (400mg/L) na água com pH 8,0. D – água com pH 5,0; E – água com pH 8,0; F – água com pH 7,0. Todos os animais foram eutanasiados após 6 meses após o início do experimento. Retiraram-se fragmentos do pulmão e traquéia. A análise histopatológica foi realizada para avaliar presença ou não dos seguintes parâmetros: 1. Traquéia: infiltrado inflamatório e tipo de célula inflamatória; congestão tecidual; hipertrofia da musculatura; lesões não neoplásicas da mucosa; lesões displásicas; lesões neoplásicas benignas e malignas; tipo de muco (ácido ou básico); e o número de células caliciformes; 2. Pulmão: infiltrado inflamatório intersticial, tipo de célula inflamatória e localização; congestão tecidual; fibrose intersticial; enfisema; necrose do parênquima; lesões displásicas e presença de lesões neoplásicas benignas e malignas. Observou-se que os animais expostos ao cádmio apresentarem média de células caliciformes na traquéia de 65,83 células/6 campos de grande aumento (CGA), enquanto que os animais não expostos apresentaram 85,16 células/6CGA (p=0,012). Enfisema pulmonar ocorreu em 71,43 a 100% dos casos, enquanto os não expostos apresentaram enfisema em 6,66 a 15,38% dos casos (p<0,001). Concluiu-se que o trato respiratório é alvo do cádmio também na intoxicação via ingestão, porém o pH da água não influenciou no desenvolvimento das lesões.
Abstract: Cadmium is a metal that is widely used in industry. Cadmium exposure may result in a variety of pulmonary diseases. No studies have evaluated tracheal damage or even whether cadmium intake can damage the respiratory tract. The aim of this study was to investigate the histopathological changes caused by cadmium poisoning via intake into the respiratory tract and the possible effects of water pH in the genesis of these changes. Ninety male Wistar rats were used and were divided into six groups (n=15): Group A received 400 mg/l cadmium chloride (CdCl2) in the drinking water at a pH of 7.0; group B received CdCl2 (400 mg/l) in the drinking water at a pH of 5.0; group C received CdCl2 (400 mg/l) in the drinking water at a pH of 8.0; group D received water at a pH of 5.0; group E received water at a pH of 8.0; and group F received water at a pH of 7.0. Animals were euthanized after 6 months. Samples of the lung and trachea were removed. The histopathological analysis was performed to evaluate the presence or not of the following parameters: 1. Trachea: inflammatory infiltrate and type of inflammatory cell; tissue congestion; muscle hypertrophy; non-neoplastic lesions of the mucosa; dysplastic lesions; benign and malignant neoplastic lesions; mucus type (acid or basic); and the number of goblet cells; 2. Lung: interstitial inflammatory infiltrate, inflammatory cell type and location; tissue congestion; interstitial fibrosis; emphysema; necrosis of the parenchyma; dysplastic lesions and the presence of benign and malignant neoplastic lesions. Animals exposed to cadmium had a mean of goblet cells in the trachea of 65.83 cells / 6 high-power fields (HPF), while the animals exposed to cadmium had 85.16 cells / 6 HPF (p = 0.012). Pulmonary emphysema occurred in 71.43 to 100% of the cases, while the non-exposed had emphysema in 6.66% to 15.38% of the cases (p <0.001). The respiratory tract is a target for cadmium-related deficits after intake; however, the pH of the water did not influence the development of these lesions.
Palavras-chave: metais pesados, neoplasia, pulmão, traquéia, exposição crônica, ingestão
metals, heavy, neoplasm, lung, trachea, chronic exposure, intake
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Mestrado em Ciência Animal
Programa: Mestrado em Ciência Animal
Citação: SOARES, F. F. M.. Lesões do trato respiratório cádmio induzidas – intoxicação por ingestão e pH da água poderiam influenciar sua gênese? : um estudo experimental em ratos. 2017. 27 f. Dissertação ( Mestrado em Ciência Animal) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/996
Data de defesa: 20-Mar-2017
Appears in Collections:Mestrado em Ciência Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernanda Freire Marin Soares.pdfFernanda Freire Marin Soares - Dissertação688,06 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.