???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/998
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeito da água magnetizada sobre os parâmetros reprodutivos, zootécnicos e temperatura corporal em (Bos taurus indicus)
Título(s) alternativo(s): Effect of Magnetized Water on Reproductive, Zootechnic and Body Temperature Materials (Bos Taurus Indicus)
Autor: ANDRADE, I. B. 
Primeiro orientador: CHACUR, M. G. M.
Primeiro membro da banca: MARTINS JUNIOR, A.
Segundo membro da banca: BREMER NETO, H.
Resumo: Objetivou-se estudar a influência da ingestão da água magnetizada no ganho de peso corpóreo, morfometria corpórea e do aparelho reprodutor, características do sêmen e temperaturas de áreas do corpo e escroto com termografia digital de infravermelho em touros jovens da raça Nelore em manejo extensivo e em confinamento. Foram utilizados 20 touros com idade inicial de 14 meses, divididos em dois grupos: Tratado - ingestão de água tratada por campo magnético; e Controle - ingestão de água potável. Foram realizadas 4 coletas sendo 2 em manejo extensivo (14 e 18 meses de idade) e 2 em confinamento (20 e 21 meses de idade), nas quais foram aferidos: fatores climáticos, temperatura retal, peso corpóreo, altura de cernelha, mensuração do comprimento, largura e altura dos testículos, colheita de sêmen e termografia digital por infravermelho do globo ocular, mufla, flanco, ísquio e escroto. Conclui-se que a ingestão da água tratada por campo magnético não se apresentou eficiente em relação ao ganho de peso a pasto e em confinamento, assim como para morfometria corpórea e do aparelho reprodutor. Em confinamento, também não houve influência da água tratada por campo magnético sobre as características quantitativas e qualitativas do sêmen. A termografia digital por infravermelho se mostrou eficaz para mensuração das áreas do corpo e da bolsa escrotal, onde a pasto o grupo com ingestão de água tratada por campo magnético apresentou temperaturas superiores para globo ocular, mufla, flanco e ísquios. Para bolsa escrotal, a pasto, a temperatura do cordão espermático e testículo foram superiores no grupo tratado; e em confinamento, a temperatura do testículo e cauda dos epidídimos foram superiores no grupo com ingestão de água potável.
Abstract: The objective of this study was to study the influence of magnetized water intake on body weight gain, body morphometry and reproductive system, semen characteristics and body and scrotal area temperatures with digital infrared thermography in young Nellore bulls in extensive management and In confinement. Twenty bulls with initial age of 14 months were used, divided into two groups: Treated - water ingestion treated by magnetic field; And Control - drinking water intake. Four collections were made, 2 in extensive management (14 and 18 months of age) and 2 in confinement (20 and 21 months of age), in which they were measured: climatic factors, rectal temperature, body weight, wither height, Length, width and height of the testicles, semen collection and infrared digital thermography of the eyeball, mufla, flank, ischium and scrotum. It was concluded that the intake of water treated by magnetic field was not efficient in relation to weight gain in pasture and in confinement, as well as for body morphometry and reproductive system. In confinement, there was also no influence of water treated by magnetic field on the quantitative and qualitative characteristics of the semen. Digital infrared thermography proved to be effective for measuring body and scrotal areas, where the grazing group treated with magnetic field water showed higher temperatures for the ocular globe, mufla, flank and ischium. For the scrotal pouch, the pasture, the temperature of the spermatic cord and testis were higher in the treated group; And in confinement, the temperature of the testes and tail of the epididymis were higher in the group with drinking water intake.
Palavras-chave: touros, água magnetizada, crescimento corporal, qualidade seminal, termograma
bulls, magnetically treated water, body growth, semen quality, thermography
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Mestrado em Ciência Animal
Programa: Mestrado em Ciência Animal
Citação: ANDRADE, I. B. Efeito da água magnetizada sobre os parâmetros reprodutivos, zootécnicos e temperatura corporal em (Bos taurus indicus). 2017.65 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/998
Data de defesa: 17-Mar-2017
Appears in Collections:Mestrado em Ciência Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Isamara.pdfDissertação - Isamara Batata Andrade1,86 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.