???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/tede/490
Tipo do documento: Dissertação
Título: AVALIAÇÃO DA VIABILIDADE DE AMOSTRAS BACTERIANAS EM SUPERFÍCIES ABIÓTICAS COM A INFLUÊNCIA DE FLUÍDOS BIOLÓGICOS
AVALIAÇÃO DA VIABILIDADE DE AMOSTRAS BACTERIANAS EM SUPERFÍCIES ABIÓTICAS COM A INFLUÊNCIA DE FLUÍDOS BIOLÓGICOS
Título(s) alternativo(s): BACTERIAL SAMPLES OF FEASIBILITY ASSESSMENT SURFACE ABIOTIC WITH INFLUENCE BIOLOGICAL FLUIDS
BACTERIAL SAMPLES OF FEASIBILITY ASSESSMENT SURFACE ABIOTIC WITH INFLUENCE BIOLOGICAL FLUIDS
Autor: Esteves, Deigilam Cestari 
Primeiro orientador: Rodrigues, Marcus Vinícius Pimenta
Primeiro membro da banca: Favareto, Ana Paula Alves
Segundo membro da banca: Martins, André
Resumo: As infecções ambientais e hospitalares causadas por bactérias resistentes a um amplo espectro de antibióticos têm índices crescentes nos últimos anos, manifestando-se com alta morbidade e letalidade. Pesquisas recentes evidenciam que as bactérias demonstram um perfil de sobrevivência, em superfícies secas de modo a manter sua virulência quando expostas a fluidos biológicos como urina, saliva e sangue. O objetivo desse estudo foi documentar através de análises laboratoriais a capacidade de sobrevivência das principais bactérias de interesse médico em superfícies abióticas. Os procedimentos foram totalmente realizados no laboratório de microbiologia da Unoeste em Presidente Prudente - SP., utilizando cepas padrão ATCC de Staphylococcus aureus(ATCC25923), Enterococcus faecalis (ATCC29212), Escherichia coli(ATCC35218), Klebsiella pneumoniae(ATCC700603) e Pseudomonas aeruginosa(ATCC27583), ao qual foram adicionados fluídos biológicos e água. As superfícies utilizadas foram piso, tecido sintético, colchão e tecido algodão. As superfícies foram contaminadas com suspensão composta pelas cepas ATCC, fluídos biológicos e água, além do controle contendo somente as cepas ATCC, armazenadas em placas de petri e mantidas em temperatura ambiente. A cada sete dias as superfíciesarmazenadas foram mergulhadas em caldo Tripscaseína de Soja (TSB), colocadas na estufa por 24h a 37ºC. Foram semeados do caldo contaminado em ágar Mueller Hinton e mantidos por 24h em aquecimento a 37º em Estufa.A análise da viabilidadefoi realizada através da contagem de unidade formadora de colônias (U.F.C.). Para a análise estatística utilizou o software R, realizando os testes de Friedman e de Kruskal Wallis para comparações multiplas, analisando dentro de cada fator (solução ou superfície) quais diferem entre si (Teste de Friedman) e, também, quais interações de tratamentos são diferentes (Kruskal-Wallis). Através dessas análises foi possível observar no presente trabalho que Staphylococcus aureus manteve a viabilidade por tempo maior que os outros microrganismos em todas as condições testadas, apresentando diferença significativa entre os fluídos e as superfícies, tendo sangue e tecido algodão crescimento de maior número de colônias. A Klebsiella pneumoniae apresentou diferença entre os fluídos, sendo asaliva com maior número de colônias. Para as outras bactérias testadas não houve significância isoladamente. Para as análises de comparações múltiplas somente para a Pseudomonas aeruginosanão houve diferença significativa entre algum par de tratamentos, as outras bactérias apresentaram diferenças significativas entre as correlações. A necessidade de analisar o impacto ambiental da persistência desses microrganismos em ambientes vulneráveis ao ser humano, norteia o delineamento de medidas para o controle na disseminação de microrganismos patogênicos.
Abstract: The environmental and hospital infections, caused by bacteria which are resistant to a wide variety of antibiotics, have shown increasing records in the last years, manifesting themselves in high mortality and lethality. Recent researches report that the bacteria presents a survival profile on dry surfaces in order to maintain their virulence when exposed to biological fluids such as urine, saliva and blood. The objective of this study was to document - through laboratorial analysis the survival capacity of the main bacteria of medical interest on abiotic surfaces. The adopted procedures were completely conducted in the microbiology laboratory at Unoeste, in Presidente Prudente SP. Standard ATCC strains of Staphylococcus aureus (ATCC25923), Enterococcus faecalis (ATCC29212), Escherichia coli (ATCC35218), Klebsiella pneumoniae (ATCC700603) and Pseudomonas aeruginosa (ATCC27583) were used, to which biological fluids and water were added. The surfaces were tile, synthetic fabric, mattress and cotton fabric. The surfaces were contaminated with suspension composed by the ATCC strains, biological fluids and water in addition to the control containing only the ATCC strains, which were stored in petri dishes, kept in room temperature. Every seven days the surfaces were dipped in trypticase soy broth and kept in the oven for 24h at 37ºC. They were spread from the contaminated brothin Mueller Hinton agar and kept for 24h in the oven at 37ºC. The viability analysis was done through the colony-forming unity (CFU) counting. For the statistical analysis, the Software R was used, through the Friedman and Kruskal Wallis tests for multiple comparisons, analyzing within each factor (solution or surface) which differ between one another (Friedman s test) and also which treatments interactions are different (Kruskal-Wallis). Through this analysis it was possible to observe that in the current work that Staphylococcus aureus kept its viability for a longer period than other microorganisms under all the tested conditions, presenting significant differences between the fluids and surfaces, with a particular colony growth in blood and cotton. The Klebsiella pneumoniae showed differences between fluids, with saliva containing the highest colony number. With regards to the other tested bacteria, there was no isolated significance. For the multiple comparisons analysis, only the Pseudomonas aeruginosa presented no significant difference between any pair of treatments, whereas the other bacteria presented significant differences between the correlations. The need to analyze the environmental impact of these microorganisms persistence in environments, which are vulnerable to human beings, guides the creation of measures in order to control the spread of pathogenic microorganisms.
Palavras-chave: viabilidade bacteriana
superfícies abióticas
fluídos biológicos
contaminação ambiental
Bacterial viability
abiotic surfaces
biological fluids
environmental contamination
Área(s) do CNPq: CNPQ::
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Ciências Ambientais
Programa: Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional
Citação: ESTEVES, Deigilam Cestari. BACTERIAL SAMPLES OF FEASIBILITY ASSESSMENT SURFACE ABIOTIC WITH INFLUENCE BIOLOGICAL FLUIDS. 2014. 82 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/tede/handle/tede/490
Data de defesa: 18-Dec-2014
Appears in Collections:Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Deigilam Cestari Esteves.pdf2,71 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.