???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/tede/500
Tipo do documento: Dissertação
Título: Degradação geoecológica por aterros de resíduos sólidos: Estudo aplicado a UGRHI-22 e ao lixão de Pirapozinho SP
Título(s) alternativo(s): Geoecological degradation from solid waste landfills: Study applied to the UGRHI-22 and the dumpsite of Pirapozinho SP
Autor: Osco, Lucas Prado 
Primeiro orientador: Felício, Munir Jorge
Primeiro coorientador: Ramos, Ana Paula Marques
Primeiro membro da banca: Arana, Alba Regina Azevedo
Segundo membro da banca: Tommaselli, José Tadeu Garcia
Resumo: A relação entre os diversos componentes naturais e sociais proporciona a reflexão necessária para se compreender a dinâmica do arcabouço de uma determinada paisagem. O levantamento dos seus condicionantes geológicos, pedológicos, geomorfológicos, hidrológicos, climatológicos e biológicos auxilia na identificação das potencialidades e/ou fragilidades do ambiente físico analisado. A 22ª Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos (UGRHI-22) pode ser vista como uma região estratégica, pois abrange o encontro dos rios Paraná e Paranapanema, ao extremo oeste do Estado de São Paulo. A área, contudo, sujeita-se a degradações ambientais constantes, decorrentes da ocupação territorial e de práticas potencialmente poluidoras ao longo dos anos. Ainda assim, seus recursos também herdaram os problemas de uma paisagem naturalmente fragilizada. Para tanto, sabe-se que uma das problemáticas atuais, em termos de contaminação ambiental, advém dos processos decompositores realizados na massa de resíduos sólidos urbanos depositados em aterros. Diante disso, a presente pesquisa procura associar suas potencialidades e fragilidades ao risco de contaminação dos recursos naturais remanescentes. Na UGRHI-22 encontram-se, atualmente, 22 aterros de resíduos sólidos urbanos em pleno funcionamento, muitas vezes sobre áreas inadequadas, favorecendo a contaminação local. Desse modo elaborou-se um levantamento dos componentes naturais da região estudada por meio de programas de geoprocessamento, que permitiram identificar as características do ambiente físico de cada um dos aterros, podendo associá-las aos impactos oriundos da atividade aludida. Realizaram-se, também, trabalhos de campo onde buscou-se averiguar (durante os anos de 2013, 2014 e 2015) em cada um dos 22 aterros suas condições locais, como as condições do solo, relevo, proximidade do recurso hídrico além de demais especificidades geotécnicas e administrativas. Tal análise, porém, contempla a primeira etapa desta pesquisa, sendo somente uma das duas escalas de trabalho adotadas. Assim, tendo como finalidade melhor exemplificar os dados e os levantamentos efetuados na região, optou-se por aplicar a mesma metodologia de análise ao lixão do município de Pirapozinho SP. Esse lixão é tido, pelo órgão ambiental (sendo neste caso, CETESB, 2014), como o pior aterro de resíduos sólidos inserido na UGRHI-22. Logo, levantamentos cartográficos e constatações em campo permitiram identificar a condição desta área, contribuindo para a elaboração do quadro local. Portanto, diante das informações obtidas, pôde-se comprovar que a situação dos resíduos sólidos de Pirapozinho SP apenas reflete os problemas encontrados nos demais municípios, como a errônea escolha de área e a dificuldade do poder público em lidar com a destinação final de seus resíduos, que contribuem para os maiores índices de degradação.
Abstract: The relation between the natural and social components provides the necessary reflection to understand the dynamics of a particular landscape. The study of their geological, pedological, geomorphological, hydrological, climatological and biological conditions assists in the identification of potential fragilities and/or potentialities of the physical environment. The 22nd Unit of Water Resources Management (UGRHI-22) can be seen as a strategic location, because it includes the meeting of the Paraná and Paranapanema rivers, in the extreme west region of the State of São Paulo. The area, however, is subject of constant environmental degradation, resulting from the territorial occupation and polluting practices over the years. Still, the resources available also inherited the problems of a naturally fragile landscape. Therefore, it is known that one of the current problems, in terms of environmental contamination, comes from the decomposing processes carried out inside the mass of solid waste, disposed in landfills throughout the region. Therefore, this research aims to associate the potentialities and fragilities of the remaining natural resources with the risk of contamination. Inserted in the UGRHI-22 are currently 22 solid waste landfills in fully operation, often on unsuitable areas and favoring the local contamination. Thus, the preset study carried out a survey of the natural components on the studied region by means of GIS programs, identifying the physical characteristics of each of these areas and associating them with the impacts from the mentioned activity. Field works were also conducted (during the years 2013, 2014 and 2015) in each one of the 22 landfills locations, in order to discover their local conditions, such as soil type, relief, water resource proximity, as well as another geotechnical and administrative specifics. Those analyses, however, were the first step of this research, being only one of the two scales adopted. Thus, with the purpose to better illustrate the data and surveys conducted in the region, we decided to apply the same analysis methodology to a local dump, in the city of Pirapozinho - SP. That dumpsite it is known, by the responsible environmental agency (in this case, CETESB, 2014), as the worst landfill inserted in the UGRHI-22 region. So cartographic studies and discoveries in fieldwork helped identify the condition in this area, contributing to the development of the local board. Therefore, with the information obtained, it was possible to prove that the dumpsite in Pirapozinho SP only reflects the problems encountered in another municipalities of the UGRHI-22, such as the mistaken choice of area and the difficulty of the government in dealing with the adequate disposal of their solid waste, contributing to higher degradation rates.
Palavras-chave: Meio Ambiente
Recursos Naturais
Mapas Temáticos
Environment
Natural Resources
Thematic Maps
Área(s) do CNPq: CNPQ::
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Ciências Ambientais
Programa: Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional
Citação: OSCO, Lucas Prado. Geoecological degradation from solid waste landfills: Study applied to the UGRHI-22 and the dumpsite of Pirapozinho SP. 2016. 244 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/tede/handle/tede/500
Data de defesa: 26-Feb-2016
Appears in Collections:Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lucas Osco.pdf52,39 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.