???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/tede/512
Tipo do documento: Dissertação
Título: Cultura de tecidos em Gerbera
Título(s) alternativo(s): Gerbera Tissue culture
Autor: Nunes, Rita de Cássia Alves 
Primeiro orientador: Machado Neto, Nelson Barbosa
Primeiro membro da banca: Santos, Ana Claudia Pacheco
Segundo membro da banca: Almeida, Marcílio de
Resumo: As Gerberas são oriundas da África do Sul, pertencem à família Asteraceae e são herbáceas dotadas de flores em capítulos. São muito populares e utilizadas como planta decorativa de exterior, flores de corte e como organismo de experimentos. O estado de São Paulo lidera o mercado de flores ornamentais no Brasil. Dentre as várias espécies produzidas pelas empresas brasileiras, a Gerbera está inclusa com boa aceitação no mercado. No início do século XX a micropropagação chama a atenção de estudiosos, o pioneiro nesta área foi Haberlandt em 1902 com células de tecidos somáticos. No Brasil os estudos sobre cultura de tecidos começam na década de 50 em São Paulo no Instituto Biológico. O controle químico da diferenciação da parte aérea foi observado em cultura de calo de tabaco. Esta foi à constatação de que o processo de organogênese in vitro é controlado por substâncias hormonais sendo que o desenvolvimento de parte aérea, raiz ou calo é determinado pelo balanço entre auxinas e citocininas. Existem substâncias que, quando presentes em pequenas quantidades, retardam ou inibem a oxidação de substratos e podem agir em diferentes níveis da seqüência oxidativa, estas substâncias são denominadas antioxidantes. Os organismos vivos possuem mecanismos naturais de eliminação de radicais livres por intermédio de enzimas ou não, impedindo sua transformação em produtos mais tóxicos para as células. A enzima denominada superóxido dismutase, junto com outras são as principais defesas antioxidantes que atuam nos organismos superiores.
Abstract: Gerbera, from South Africa, belongs to Asteraceae family. They are herbaceous with flowers grouped in a head inflorescence. They are very popular and used as decorative garden plant, cut flowers and as experimental organism. São Paulo state leads the market of Brazilian ornamental flowers. Among the species produced by Brazilian companies, Gerbera is one of the very well accepted into the market. In the beginning XXth century micro propagation calls the attention of scientists; the pioneer was Haberlandt in 1902 with somatic cells. The studies on tissue culture, in Brazil, started at the 50´s in São Paulo Biological Institute. The chemical control of the differentiation of the aerial part was observed in culture of tobacco callus. This was the observation that the in vitro organogenesis process is controlled by hormonal substances that control the development in canopy, root or callus depending on the balance between auxins and cytokines. Some substances, even when in small amounts, delay or inhibit the substratum oxidation and can act at different levels on the oxidative sequence, these substances are called antioxidants. The living organisms possess natural scavenging mechanisms, enzymatically or not, of free radicals, not allowing their transformation in more toxic products for the cells. The enzyme superoxide dismutase, together with others is the main antioxidant defences that act in eukaryotic organisms.
Palavras-chave: Cultura de tecido
Biotecnologia
Gerbera
Tissue culture
Biotechnology
Gerbera
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Ciências Agrárias
Programa: Mestrado em Agronomia
Citação: NUNES, Rita de Cássia Alves. Gerbera Tissue culture. 2008. 59 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/tede/handle/tede/512
Data de defesa: 25-Apr-2008
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Rita.pdf1,01 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.