???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/tede/581
Tipo do documento: Dissertação
Título: Cana-de-açúcar: crescimento, maturação e distribuição de energia
Título(s) alternativo(s): Cane sugar: growth, maturation and distribution of energy
Autor: Vasconcelos, Jane Rodrigues de 
Primeiro orientador: Marques, Tadeu Alcides
Primeiro membro da banca: Manfron, Paulo Augusto
Segundo membro da banca: Alves, Vagner Camarini
Resumo: Com a busca da utilização de combustíveis renováveis, como o etanol e devido à demanda do mercado internacional por açúcar, ocorreu aumento na produção de cana-de-açúcar, levando a aumento na área plantada. Na região Centro-Sul as áreas de expansões foram no norte do Paraná, sul do Mato Grosso do Sul, Oeste de São Paulo. Estas regiões apresentam, de maneira geral, solos arenosos e distribuição irregular das chuvas, podendo promover estresse hídrico nas plantas nos períodos denominados de veranico. Para estudar o comportamento da cana-de-açúcar e seu crescimento, parâmetros tecnológicos e distribuição da energia fotossintetisada, montou-se ensaio com o delineamento inteiramente casualizado, sendo com dois tratamentos, 100% de reposição da evapotranspiração e 20% da evapotranspiração, com 10 repetições, utilizando um total de 20 parcelas. Cada parcela experimental foi constituída de um vaso, com uma planta matriz. As mudas foram oriundas de um plantio experimental de cana-de-açúcar na Universidade, com idade média de 10 meses. A variedade utilizada foi a RB 86 7515. Foi executado o roguing para a seleção das mudas, antes e após ao tratamento térmico em água a 52ºC durante 30 minutos. O objetivo deste trabalho foi avaliar as respostas biométricas, tecnológicas e energéticas na cultura da cana-de-açúcar em plantas irrigadas e submetidas ao estresse hídrico, com o intuito de determinar a distribuição da energia absorvida entre açúcares simples (sacarose, glicose e frutose) e a fibra. Durante o desenvolvimento das plantas, os novos brotos que emergiram (perfilhos) foram desbastados, com o objetivo de se conduzir somente a planta matriz. As mudas de cana-de-açúcar se desenvolveram nesse ambiente controlado durante 4 meses, após esse período as plantas foram coletadas inteiras, e encaminhadas para análises. A reposição da água foi baseada na capacidade de campo do solo coletado, onde em 12 kg de solo foi adicionado 1,5 litros de água, para Capacidade de Campo, sendo: Reposição dos vasos 20% = peso do vaso controle na capacidade de campo - peso do vaso controle um dia após X 0,2 X Kc. Reposição dos vasos 100% = peso do vaso controle na capacidade de campo - peso do vaso controle um dia após X 1,0 X Kc. Os seguintes coeficientes da cultura (Kc) foram utilizados: 0,50 (até 60 dias das plantas na câmara, que compreende o período do plantio até 25% da cobertura) e 0,88 (após 60 dias das plantas na câmara, que compreende o período de 25 a 50% de cobertura). Foram realizadas análises biométricas, tecnológicas e calorimétricas. Com o estresse hídrico ocorreu uma redução em massa para a planta de cana-de-açúcar e para todos os componentes analisados (ATR, Pol, AR, Brix e Fibra). As reduções não foram proporcionais, visto que as concentrações variaram. As moléculas que se destinariam a produção de fibras foram mantidas no citoplasma para pronta conversão em energia. A bioenergia total do sistema foi reduzida na mesma proporção da fitomassa, apenas sua composição foi alterada.
Abstract: The search for the use of renewable fuels, such as ethanol, and due to international market demand for sugar, increases in the of sugarcane production leading to expansion in the area planted with sugar cane. In the Center-South of Brazil, areas were expansions in northern Paraná State, southern Mato Grosso do Sul State, west of Sao Paulo State. These regions are, in general, sandy soils and uneven distribution of rainfall and can promote water stress in plants during periods called veranículos . To study the behavior of sugarcane in its growth, technologic parameters and distribution of energy in products of photosynthesis. The tests were set up with a completely randomized design with two treatments, 100% replacement of evapotranspiration and 20% evapotranspiration, 10 replicates using a total of 20 plots. Each plot consisted of a vase with a plant matrix. The seedlings were derived from an experimental plantation of sugar cane at the University, with an average age of 10 months. The cultivar used was the RB 86 7515. Was executed roguing for selection of seedlings before and after the thermal treatment in water at 52 °C for 30 minutes. The aim of this study was to evaluate the responses biometric technology and energy in the culture of sugar cane in irrigated and water stressed, in order to determine the distribution of the absorbed energy between simple sugars (sucrose, glucose and fructose) and fiber. During the development of plant sugarcane, the new shoots that emerged (tillers) were chopped, with the goal of conducting only the mother plant in the pot. The seedlings of sugar cane developed in this controlled environment for 4 months, after this period the plants were collected whole, and sent for analysis. The replenishing water was based on the ability of field soil collected, where 12 kg of soil was added 1.5 liters of water to field capacity, namely: Replacement of the vessels 20% = weight of the vessel control field capacity (weight control vessel one day after) X 0.2 X Kc. Replacement vessel weight = 100% control of the vessel at field capacity - weight control vessel one day after X 1.0 X Kc. The following crop coefficients (Kc) were used: 0.50 (plants 60 days in the chamber, comprising the period from planting to 25% coverage) and 0.88 (after 60 days the plants in the chamber, comprising the period of 25 to 50% coverage). The biometric analysis, technological, and calorimetric were performed. With water stress, a reduction in the sugarcane s mass and in all analyzed components (TRS, Pol, RS Brix and fiber). The reductions were not proportional because concentrations of components were very variable. The molecules that were intended to produce fibers were retained in the cytoplasm ready for conversion into energy. The total bioenergy system was reduced in the same proportion of biomass.
Palavras-chave: Saccharum
Água
Solo
Energia
Saccharum
Water
Soil
Energy
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Ciências Agrárias
Programa: Mestrado em Agronomia
Citação: VASCONCELOS, Jane Rodrigues de. Cane sugar: growth, maturation and distribution of energy. 2013. 50 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/tede/handle/tede/581
Data de defesa: 26-Jun-2013
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jane Rodrigues de Vasconcelos.pdf418,88 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.