???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/tede/652
Tipo do documento: Dissertação
Título: Detecção de larvas de toxocara canis em leite de coelhas infectadas experimentalmente
Título(s) alternativo(s): Detection of larvae of Toxocara canis in milk from experimentally infected rabbits
Autor: Exposto, Célia Fátima Silva 
Primeiro orientador: Santarém, Vamilton álvares
Primeiro membro da banca: O'dwyer, Lúcia Helena
Segundo membro da banca: Giufrida, Rogério
Resumo: Com objetivo de estudar a possibilidade de transmissão de larvas pela via transmamária em coelhos, doze coelhas (Nova Zelândia) nulíparas foram infectadas com 1000 ovos larvados de T. canis, por via oral. Outras cinco coelhas receberam oralmente solução fisiológica e serviram como controle. Um mês após a inoculação, cada quatro coelhas foram acasaladas individualmente com um coelho. Após o nascimento dos filhotes nos dias 7, 14 e 21, foram coletados por ordenha manual 500µL de leite. Para detecção de anticorpos (IgG), amostras de sangue foram colhidas das matrizes nos momentos pré-infecção (0) e pós infecção (7, 14, 21 e 28) e um dia após o desmame da primeira gestação, pela técnica de ELISA. Para recuperação das larvas, foi adotada a técnica do formol-éter. Observou-se a presença de larvas em cinco das doze (41,7%) coelhas infectadas. O número total de larvas recuperadas foi de 20, variando de 1 a 4 por lactação. A presença das larvas foi observada apenas nos 140 (9 larvas; 45%) e 210 dias (11 larvas; 55%) de lactação, sem diferença significativa entre as contagens (p=0,7386). A presença de larvas de T. canis diretamente do leite de coelhas mostra a possibilidade de transmissão lactogênica em hospedeiros paratênicos.
Abstract: The aim of this study was to evaluate the possibility of transmammary transmission of Toxocara canis larvae in rabbits. Nulipars white New Zealand female rabbits were distributed in two groups. Twelve animals were inoculated by oral route with 1.000 T. canis embryonated eggs, whereas five animals were uninfected (control group). One month following infection, the females were mated. Manual sample collections of 500µL milk were performed on +7, +15 and +21 days of lactation. ELISA test was run in order to detect serum antibodies (IgG) from blood samples collected from the nurses on the pre-infection (0) and post-infection (7, 14, 21 and 28) period as well as on the day following the wean. The recovery of larvae in milk was performed by the ether-formalin technique. The material was centrifuged at 2.000 rpm for 10 min (2.000 rpm; 697g) and the sediment was microscopically analyzed (10X). The presence of larvae was observed in milk samples released by 5 out of the 12 (41.7%) infected rabbits. Total number of recovered larvae was 20, ranging from 1 to 4 larvae by lactation period. Larva were observed on days +14 (9 larvae; 45%) and +21day (11 larvae; 55%). No significant difference by comparing the counting (p=0.7386). In conclusion, the presence of larvae in milk rabbit samples pointed out the possibility of galactogenic transmission of T. canis in paratenic hosts.
Palavras-chave: Toxocaríase
Infecção transmamária
Ciclo
Toxocariasis
Transmammary infection
Cycle
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Ciências Agrárias
Programa: Mestrado em Ciência Animal
Citação: EXPOSTO, Célia Fátima Silva. Detection of larvae of Toxocara canis in milk from experimentally infected rabbits. 2011. 49 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/tede/handle/tede/652
Data de defesa: 27-Oct-2011
Appears in Collections:Mestrado em Ciência Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao.pdf552,38 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.