???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/tede/724
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação da Mutagenicidade do Indoxacarbe em Ratos e Gatos
Título(s) alternativo(s): Mutagenicity Assessment of Indoxacarb in Rats and Cats
Autor: Silva, Dayane Aparecida Francisco da 
Primeiro orientador: Nogueira, Rosa Maria Barilli
Primeiro membro da banca: Laposy, Cecília Braga
Segundo membro da banca: Zuanaze, Rita de Cássia Collicchio
Resumo: Introdução: Os pesticidas são venenos intencionalmente dispersos no ambiente para o controle de pragas e, com sua persistência nesse meio podem induzir a toxicidade em seres humanos e animais. Indoxacarbe é um inseticida, oxidiazínico, que apresenta atividade sobre insetos da ordem lepidóptera. No tratamento contra pulgas em pequenos animais, o indoxacarbe tem demonstrado uma alta atividade inseticida associada a esses ectoparasitas. A escolha da utilização dessas duas espécies animais neste estudo se deu pelo fato de que ratos e gatos apresentam uma grande quantidade de eritrócitos policromáticos micronucleados, facilitando desta forma a realização do ensaio escolhido e, pelo rato ser o modelo biológico padrão para avaliações de mutagenicidade, e por fim pelo fato do produto ser indicado para o uso em gatos. A escassez na literatura sobre o efeito mutagênico causado pelo uso desse produto levou a realização dessa pesquisa, cujo objetivo foi avaliar por meio do teste de micronúcleo a mutagenicidade do indoxacarbe em dose terapêutica e em dez vezes maior em ratos e gatos. Materiais, métodos e resultados: Foram selecionados 40 ratos, com 70 dias de idade, da linhagem Wistar, machos, peso de 280g±10 e 20 gatos adultos, sem raça definida, machos e fêmeas, com peso de 4kg±200gr, ambos do biotério central e gatil da universidade de origem, respectivamente. Os ratos foram mantidos em caixas individuais em ambiente com controle de temperatura 22ºC±2, umidade 55%±5, fotoperíodo 12 horas claro e escuro, os gatos foram mantidos em baias individuais, e ambos com água e ração ad libitum. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em quatro grupos, com 10 animais em cada grupo de ratos e 5 animais nos grupos compostos por gatos, e foram tratados com: Grupo controle negativo (GCN)-solução de cloreto de sódio 0,9% por via tópica, em dose única. Grupo controle positivo (GCP)-ciclofosfamida em única dose de 50mg/kg por via intraperitoneal nos ratos e intravenosa nos gatos. Grupo indoxacarbe (GI)- indoxacarbe por via tópica, em dose única recomendado pelo fabricante. Grupo indoxacarbe dose alta (GIDA)-indoxacarbe por via tópica, em dose única, porém dez vezes maior que a dose recomendada pelo fabricante. Os ratos foram avaliados 24 horas após o uso do indoxacarbe, após eutanásia e retirada do fêmur para a realização da lavagem do canal medular com soro fetal bovino, posterior centrifugação, retirada do sobrenadante e realização do esfregaço. Os gatos foram avaliados por meio do teste de micronúcleo antes e 24 horas após a aplicação do indoxacarbe, através da coleta de uma gota de sangue periférico da extremidade do rabo para a realização do esfregaço. A fixação, coloração e leitura das lâminas foram semelhantes para os ratos e gatos. Os testes estatísticos utilizados foram de análise de variância com contraste pelo método de Tukey e, para a comparação entre momentos utilizou-se teste t pareado. O nível de significância adotado foi de 5%. Indoxacarbe não apresentou atividade mutagênica em nenhuma das espécies e doses estudadas, mesmo nos animais submetidos a altas doses, a quantidade de micronúcleos permaneceu dentro da normalidade (p>0,05).Discussão: Os resultados obtidos neste estudo corroboraram com os poucos relatos encontrados na literatura, afirmando a ausência da capacidade mutagênica do indoxacarbe em diferentes espécies animais e vias de administração do produto. Observou-se também a rapidez, e facilidade na realização do teste para micronúcleo, caracterizando-o como um importante bioensaio para avaliações de mutagenicidade.
Abstract: Background: Pesticides are substances used for pest control. Because of their persistence in the environment, they can induce toxicity in humans and animals. Indoxacarb is an oxadiazine insecticide that acts against insects of the order Lepidoptera. Furthermore, indoxacarb has demonstrated strong insecticide activity against fleas; therefore, it is used in ectoparasite treatment. Choice of species used in this study (rats and cats) is based on several factors such as these animals have a high count of micronucleated polychromatic erythrocytes, thereby facilitating the execution of the chosen assay; rats are the standard animal model for mutagenicity studies; and the product is intended for use in cats. Limited data in literature pertaining to the mutagenic effects of this product motivated this study. The aim of this study was to evaluate the mutagenicity of indoxacarb when administered in one and tenfold therapeutic doses in rats and cats. This evaluation was performed using the micronucleus test. Materials, Methods & Results: Forty male Wistar rats aged 70 days and weighing 280 ± 10 g and 20 mixed breed male and female adult cats weighing 4 ± 0.2 kg were selected. These animals were obtained from the central animal facility and cattery, respectively, of the university of origin. Rats were reared in individual cages with a controlled temperature of 22°C ± 2°C, humidity of 55% ± 5% and 12-h light dark cycle. Cats were reared in individual stalls with water and food ad libitum. Animals were randomly distributed into four groups comprising 10 rats and 5 cats in respective groups: negative control group, which received 0.9% sodium chloride solution as a single topical administration; positive control group, which received 50 mg/kg cyclophosphamide as a single intra-peritoneal (rats) or intravenous injection (cats); indoxacarb group, which received indoxacarb as a single topical dose according to the manufacturer s recommendations; and high dose indoxacarb group, which also received indoxacarb in a single topical dose, but at a tenfold concentration. Rats were evaluated 24 h after indoxacarb administration. After euthanasia, rat femurs were obtained and their medullary canals were washed using fetal bovine serum. The content was centrifuged and used for smear preparations. Cats were evaluated using the micronucleus test before and 24 h after indoxacarb administration. For smear preparations, a drop of peripheral blood samples was obtained from the tail tip. Smear fixation, staining, and microscopic analysis were similar for cats and rats. Statistical analyses were performed using analysis of variance with contrast through Tukey s method and paired t test to compare time points. The significance level was 5%. Indoxacarb showed no mutagenic activity in the two species and doses evaluated. Even in animals subjected to high doses, the micronuclei count remained within the normal range (p > 0.05). Discussion: The results of this study corroborate those of other studies, where in the mutagenic capacity of indoxacarb was similar in different animal species and product delivery routes. In addition, it is of note the speed and ease of micronucleus testing, which makes it an important mutagenicity bioassay.
Palavras-chave: indoxacarbe
inseticida
teste para micronúcleo
mutagenicidade
rato
gato
indoxacarb
insecticide
micronucleus test
mutagenicity
rat
cat
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Ciências Agrárias
Programa: Mestrado em Ciência Animal
Citação: SILVA, Dayane Aparecida Francisco da. Mutagenicity Assessment of Indoxacarb in Rats and Cats. 2015. 49 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/tede/handle/tede/724
Data de defesa: 16-Sep-2015
Appears in Collections:Mestrado em Ciência Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dayane.pdf313,83 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.