???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/tede/746
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo clínico e laboratorial da intoxicação experimental pelo veneno da serpente Crotalus durissus terrificus em ratos Wistar tratados com soro antiofídico e Mikania glomerata
Título(s) alternativo(s): Clinical and laboratorial study of the experimental intoxication with venom of Crotalus durissus terrificus in mice Wistar treated with antiophidic serum and aqueous extract of Mikania glomerata
Autor: Floriano, Rafael Stuani 
Primeiro orientador: Nogueira, Rosa Maria Barilli
Primeiro membro da banca: Sakate, Michiko
Segundo membro da banca: Andrade, Silvia Maria Caldeira Franco
Resumo: O acidente crotálico apresenta o maior índice de letalidade quando comparado com outros acidentes ofídicos de interesse médico. As frações do veneno crotálico apresentam três atividades com importância clínica conhecida: neurotóxica, hemolítica e miotóxica. Este trabalho teve como objetivo avaliar os aspectos clínicos e laboratoriais da intoxicação experimental com veneno de Crotalus durissus terrificus em ratos Wistar tratados com soro antiofídico e extrato aquoso de Mikania glomerata. Os animais foram divididos em três grupos com dezoito animais cada um. Grupo GC: controle; Grupo GVS: receberam 10mg/kg de veneno via intramuscular e 1mg de soro antiofídico via intraperitoneal para cada 50mg de veneno crotálico; Grupo GVSM: receberam o mesmo protocolo do grupo GVS e o extrato aquoso de Mikania glomerata a 10% na dose de 1mL via oral, de hora em hora totalizando cinco administrações. Foram observados edema moderado, sedação moderada, diminuição da locomoção, temperatura, freqüência respiratória e freqüência cardíaca, porém não houve evidência de alteração de coagulação. Na comparação entre os grupos GVS e GVSM para todos os parâmetros avaliados observamos que foi significativo pela análise estatística o edema maior no membro inoculado nos animais do grupo GVS e o retorno do grau de sedação mais rápido para os animais do grupo GVSM. A freqüência respiratória não diferiu entre estes dois grupos, mas foi menor nos animais do grupo GVS mesmo mantendo-se dentro de valores normais para a espécie. A locomoção diminuiu, mas não diferiu entre os dois grupos e a temperatura e freqüência cardíaca não diferiram pela análise estatística, mas a diminuição dos seus valores abaixo dos valores normais para a espécie, mais intenso nos animais do grupo GVS, foi clinicamente importante. Concluímos também a necessidade de maiores estudos com a planta Mikania glomerata nos acidentes crotálicos em espécies mais sensíveis ao veneno
Abstract: The accident crotalic presents the largest lethality index when compared with other ophidic accidents of medical interest. The fractions of the crotalic venom characterize three activities with known clinical importance: neurotoxic, hemolytic and myotoxic activities. The present study aims evaluate the clinical and laboratorial aspects of the experimental intoxication with venom of Crotalus durissus terrificus in mice Wistar treated with antiophidic serum and aqueous extract of Mikania glomerata. The animals were divided in three groups with eighteen animals each one. Group GC: control; Group GVS: received 10mg/kg of venom saw intramuscular and 1mg of antiophidic serum saw intraperitoneal for each 50mg of crotalic venom; Group GVSM: received the same protocol to the group GVS and the aqueous extract of Mikania glomerata 10% at the dose of 1mL orally each hour totaling five administrations. They were observed moderate edema, moderate sedation, decrease of the locomotion, temperature, breathing frequency and heart frequency, however there was not evidence of coagulation alteration. In the comparison among the groups GVS and GVSM for all of the appraised parameters observed that it was significant for the statistical analysis the larger edema in the member inoculated in the animals of the group GVS and the return of the faster sedation degree for the animals of the group GVSM. The breathing frequency didn't differ among these two groups, but it was smaller in the animals of the group same GVS staying inside of normal values for the species. The locomotion decreased, but it didn't differ between the two groups and the temperature and heart frequency didn't differ for the statistical analysis, but the decrease of their values below the normal values for the species, more intense in the animals of the group GVS, was clinically important. We also concluded the need of larger studies with the plant Mikania glomerata in the accidents crotalic in more sensitive species to the venom
Palavras-chave: Veneno crotálico - ação tóxica
soroterapia
fitoterapicos
Crotálico venom - toxic action
Serum
Phytotherapy
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Ciências Agrárias
Programa: Mestrado em Ciência Animal
Citação: FLORIANO, Rafael Stuani. Clinical and laboratorial study of the experimental intoxication with venom of Crotalus durissus terrificus in mice Wistar treated with antiophidic serum and aqueous extract of Mikania glomerata. 2008. 44 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/tede/handle/tede/746
Data de defesa: 2-Jun-2008
Appears in Collections:Mestrado em Ciência Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Rafael.pdf296,19 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.