???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/tede/949
Tipo do documento: Dissertação
Título: Formação docente: a percepção de professores
Título(s) alternativo(s): Initial teaching formation: the perception of professors
Autor: Barreto, Luciene Pereira 
Primeiro orientador: Barros, Helena Faria de
Primeiro membro da banca: Lima, José Milton de
Segundo membro da banca: Scheide, Tereza de Jesus Ferreira
Resumo: Este trabalho tem por objetivo analisar como o professor percebe sua formação inicial, primeira etapa para o desenvolvimento da profissão docente. É um estudo descritivo-interpretativo das representações por eles manifestadas em relação à formação inicial. A fundamentação teórica que embasa a parte empírica da pesquisa referiu-se a representações sociais e percepção de professores, aspectos históricos da formação docente no Brasil, dificuldades, paradigmas da formação inicial, saberes docentes a serem formados e formação para a competência. A investigação envolveu trinta e cinco professores de educação básica que atuam no ensino fundamental (cicloII) e médio em duas escolas estaduais do município de Santo Anastácio, estado de São Paulo. Em duas reuniões de HTPC (horário de trabalho pedagógico coletivo) em cada unidade escolar foi realizada a aplicação de um questionário. A análise dos dados coletados demonstrou que a percepção dos professores indica formação inicial precária pela ênfase dada à teoria e negligência da prática. Os cursos de licenciaturas, responsáveis pela formação docente estão estruturados nos moldes da racionalidade técnica. Concebidos como técnicos, os professores ao final de seus cursos de licenciatura, vêem-se desprovidos de conhecimentos, habilidades e atitudes que levem às ações que dão conta da complexidade do ato pedagógico e dos desafios impostos pela sociedade contemporânea à escola e que é marcada por uma globalização perversa e desumana imposta pelo sistema capitalista neoliberal. O estudo evidencia a necessidade de uma formação inicial que articule, dialeticamente, teoria e prática e que promova atividades que leve à formação do professor investigador da sua própria prática pedagógica, que permita a ele o desenvolvimento de uma consciência crítica sobre o mundo e o resgate do processo de humanização do homem, numa perspectiva de formação continuada, nestes tempos de homogeneização e pasteurização dos discursos.
Abstract: This work aims to analyze how the teacher feels his initial formation, first stage for the development of the educational profession. It is a descriptive-interpretative study of the representations by them manifested in relation to the initial formation. The theoretical basis found on the empiric part of the research referred to social representations and teachers' perception, historical aspects of the educational formation in Brazil, difficulties, paradigms of the initial formation, educational knowledgements to be formed and formation for the competence. The investigation involved thirty five teachers of basic education that act in the fundamental teaching (cycle II) and medium in two state schools of the municipal district of Santo Anastácio, São Paulo state. There was a first contact with the direction of the schools and teachers for the presentation of the research and adhesion to the development. In two meetings of SCPW (Schedule of Collective Pedagogic Work) in each school unit the application of a questionnaire was accomplished. The analysis of the collected data demonstrated that the teachers' perception indicates precarious initial formation for the emphasis given to the theory and the negligence of the practice. The courses of degrees, responsible for the educational formation are structured in the ways of the technical rationality. Formed as technicians, the teachers at the end of their bachelors´ degree, look like without knowledge, abilities and attitudes that conduct to actions that consider the pedagogic complexity act and challenges imposed by the contemporary society to the school and that is marked by a perverse and inhuman globalization imposed by the neoliberal capitalist system. The study shows the need of an initial formation that articulates, dialectically, theory and practice and that promotes activities that conduct to the formation of the teacher's investigator of his own pedagogic practice formation, that allows him the development of a critical conscience on the world and the ransom of the process of the man's humanization, in a perspective of continuous formation, in these times of homogenization and pasteurization of the treaties.
Palavras-chave: Professores -- Formação
Pratica de ensino
carreira -- Formação
Teacher education
Practice teaching
Career training
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Oeste Paulista
Sigla da instituição: UNOESTE
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Mestrado em Educação
Citação: BARRETO, Luciene Pereira. Initial teaching formation: the perception of professors. 2007. 139 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.unoeste.br:8080/tede/handle/tede/949
Data de defesa: 28-Aug-2007
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luciene - Dissertacao.pdf1,32 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.